356x237

Artista

Yoko Ono

Sobre Yoko Ono

Lembrada sempre como propulsora da separação dos Beatles, Yoko Ono já possuía grande reputação como artista plástica e performática antes de se envolver com John Lennon. Ao lado do marido, a japonesa conseguiu transportar algumas de suas filosofias de vida (como o pacifismo) para o universo musical. Antes, havia estudado piano e se interessado por música erudita e experimental. Com Lennon, assinou álbuns como Some Time in New York City (1972) e Double Fantasy (1980). Um de seus trabalhos mais celebrados é Yoko Ono/Plastic Ono Band, de 1970, gravado ao longo de uma tarde no meio das sessões do Plastic Ono Band, de Lennon. As capas dos dois trabalhos são praticamente idênticas, mas os conteúdos diferem bastante, visto que Yoko seguiu por um caminho avant-garde. A proposta se manteve no duplo Fly (1971), registrado ao mesmo tempo que Imagine. Yoko é coautora de algumas das músicas mais provocativas defendidas por Lennon, vide “Woman Is the Nigger of the World”. Em 2016, ela anunciou o lançamento de Yes, I'M a Witch Too, com remixes de músicas que marcaram sua carreira.

356x237

Yoko Ono

Lembrada sempre como propulsora da separação dos Beatles, Yoko Ono já possuía grande reputação como artista plástica e performática antes de se envolver com John Lennon. Ao lado do marido, a japonesa conseguiu transportar algumas de suas filosofias de vida (como o pacifismo) para o universo musical. Antes, havia estudado piano e se interessado por música erudita e experimental. Com Lennon, assinou álbuns como Some Time in New York City (1972) e Double Fantasy (1980). Um de seus trabalhos mais celebrados é Yoko Ono/Plastic Ono Band, de 1970, gravado ao longo de uma tarde no meio das sessões do Plastic Ono Band, de Lennon. As capas dos dois trabalhos são praticamente idênticas, mas os conteúdos diferem bastante, visto que Yoko seguiu por um caminho avant-garde. A proposta se manteve no duplo Fly (1971), registrado ao mesmo tempo que Imagine. Yoko é coautora de algumas das músicas mais provocativas defendidas por Lennon, vide “Woman Is the Nigger of the World”. Em 2016, ela anunciou o lançamento de Yes, I'M a Witch Too, com remixes de músicas que marcaram sua carreira.

Sobre Yoko Ono

Lembrada sempre como propulsora da separação dos Beatles, Yoko Ono já possuía grande reputação como artista plástica e performática antes de se envolver com John Lennon. Ao lado do marido, a japonesa conseguiu transportar algumas de suas filosofias de vida (como o pacifismo) para o universo musical. Antes, havia estudado piano e se interessado por música erudita e experimental. Com Lennon, assinou álbuns como Some Time in New York City (1972) e Double Fantasy (1980). Um de seus trabalhos mais celebrados é Yoko Ono/Plastic Ono Band, de 1970, gravado ao longo de uma tarde no meio das sessões do Plastic Ono Band, de Lennon. As capas dos dois trabalhos são praticamente idênticas, mas os conteúdos diferem bastante, visto que Yoko seguiu por um caminho avant-garde. A proposta se manteve no duplo Fly (1971), registrado ao mesmo tempo que Imagine. Yoko é coautora de algumas das músicas mais provocativas defendidas por Lennon, vide “Woman Is the Nigger of the World”. Em 2016, ela anunciou o lançamento de Yes, I'M a Witch Too, com remixes de músicas que marcaram sua carreira.

Sobre Yoko Ono

Lembrada sempre como propulsora da separação dos Beatles, Yoko Ono já possuía grande reputação como artista plástica e performática antes de se envolver com John Lennon. Ao lado do marido, a japonesa conseguiu transportar algumas de suas filosofias de vida (como o pacifismo) para o universo musical. Antes, havia estudado piano e se interessado por música erudita e experimental. Com Lennon, assinou álbuns como Some Time in New York City (1972) e Double Fantasy (1980). Um de seus trabalhos mais celebrados é Yoko Ono/Plastic Ono Band, de 1970, gravado ao longo de uma tarde no meio das sessões do Plastic Ono Band, de Lennon. As capas dos dois trabalhos são praticamente idênticas, mas os conteúdos diferem bastante, visto que Yoko seguiu por um caminho avant-garde. A proposta se manteve no duplo Fly (1971), registrado ao mesmo tempo que Imagine. Yoko é coautora de algumas das músicas mais provocativas defendidas por Lennon, vide “Woman Is the Nigger of the World”. Em 2016, ela anunciou o lançamento de Yes, I'M a Witch Too, com remixes de músicas que marcaram sua carreira.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.