356x237

Artista

Wes Montgomery

Sobre Wes Montgomery

Um dos maiores guitarristas de jazz de todos os tempos, Wes Montgomery (1923-1968) é citado como influência por George Benson, Pat Metheny, Steve Howe e Jimi Hendrix, entre outras feras. O músico americano iniciou sua trajetória tocando na banda do vibrafonista Lionel Hampton. Em carreira solo, lançou seu álbum de estreia em 1958, sob o título Fingerpickin’. No repertório, temas de Buddy Montgomery (seu irmão mais jovem) e Charlie Parker, entre outros. Bumpin’, seu trabalho de 1965, editado pela Verve, foi indicado ao Grammy. No ano seguinte, Wes Montgomery levou o troféu pela performance no clássico Goin’ out of My Head, premiado como Melhor Performance Intrumental de Jazz. No auge de seu reconhecimento e popularidade, o guitarrista acordou numa manhã se sentindo mal e foi vitimado por um ataque cardíaco – tinha apenas 45 anos e deixou um legado como um dos maiores inovadores do jazz. Sua releitura de “Eleanor Rigby” é constantemente lembrada como uma das melhores reinterpretações de Beatles da história.

356x237

Wes Montgomery

Um dos maiores guitarristas de jazz de todos os tempos, Wes Montgomery (1923-1968) é citado como influência por George Benson, Pat Metheny, Steve Howe e Jimi Hendrix, entre outras feras. O músico americano iniciou sua trajetória tocando na banda do vibrafonista Lionel Hampton. Em carreira solo, lançou seu álbum de estreia em 1958, sob o título Fingerpickin’. No repertório, temas de Buddy Montgomery (seu irmão mais jovem) e Charlie Parker, entre outros. Bumpin’, seu trabalho de 1965, editado pela Verve, foi indicado ao Grammy. No ano seguinte, Wes Montgomery levou o troféu pela performance no clássico Goin’ out of My Head, premiado como Melhor Performance Intrumental de Jazz. No auge de seu reconhecimento e popularidade, o guitarrista acordou numa manhã se sentindo mal e foi vitimado por um ataque cardíaco – tinha apenas 45 anos e deixou um legado como um dos maiores inovadores do jazz. Sua releitura de “Eleanor Rigby” é constantemente lembrada como uma das melhores reinterpretações de Beatles da história.

Sobre Wes Montgomery

Um dos maiores guitarristas de jazz de todos os tempos, Wes Montgomery (1923-1968) é citado como influência por George Benson, Pat Metheny, Steve Howe e Jimi Hendrix, entre outras feras. O músico americano iniciou sua trajetória tocando na banda do vibrafonista Lionel Hampton. Em carreira solo, lançou seu álbum de estreia em 1958, sob o título Fingerpickin’. No repertório, temas de Buddy Montgomery (seu irmão mais jovem) e Charlie Parker, entre outros. Bumpin’, seu trabalho de 1965, editado pela Verve, foi indicado ao Grammy. No ano seguinte, Wes Montgomery levou o troféu pela performance no clássico Goin’ out of My Head, premiado como Melhor Performance Intrumental de Jazz. No auge de seu reconhecimento e popularidade, o guitarrista acordou numa manhã se sentindo mal e foi vitimado por um ataque cardíaco – tinha apenas 45 anos e deixou um legado como um dos maiores inovadores do jazz. Sua releitura de “Eleanor Rigby” é constantemente lembrada como uma das melhores reinterpretações de Beatles da história.

Sobre Wes Montgomery

Um dos maiores guitarristas de jazz de todos os tempos, Wes Montgomery (1923-1968) é citado como influência por George Benson, Pat Metheny, Steve Howe e Jimi Hendrix, entre outras feras. O músico americano iniciou sua trajetória tocando na banda do vibrafonista Lionel Hampton. Em carreira solo, lançou seu álbum de estreia em 1958, sob o título Fingerpickin’. No repertório, temas de Buddy Montgomery (seu irmão mais jovem) e Charlie Parker, entre outros. Bumpin’, seu trabalho de 1965, editado pela Verve, foi indicado ao Grammy. No ano seguinte, Wes Montgomery levou o troféu pela performance no clássico Goin’ out of My Head, premiado como Melhor Performance Intrumental de Jazz. No auge de seu reconhecimento e popularidade, o guitarrista acordou numa manhã se sentindo mal e foi vitimado por um ataque cardíaco – tinha apenas 45 anos e deixou um legado como um dos maiores inovadores do jazz. Sua releitura de “Eleanor Rigby” é constantemente lembrada como uma das melhores reinterpretações de Beatles da história.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.