356x237

Artista

Vanessa Paradis

Sobre Vanessa Paradis

Aos 14 anos, Vanessa Paradis conquistou a França cantando “Joe le Taxi”, que em 1987 foi durante quase três meses a música mais tocada (no Brasil a versão “Vou de Táxi” consagraria a também adolescente Angélica), abrindo portas para o primeiro álbum, M&J (1988), que trouxe o segundo hit, “Marilyn & John”, uma homenagem a Marylin Monroe. A beleza de Vanessa e sua atitude nos palcos logo seriam notadas pelo cinema e pela publicidade: ela se tornou modelo da Chanel e, aos 18 anos, recebeu o César por sua atuação no filme Boda Branca. O álbum consagrador seria o terceiro, Vanessa Paradis, gravado nos EUA em 1992, com produção do então namorado Lenny Kravitz. Cantando em inglês canções de Lou Reed (“I’M Waiting for the Man”) e de Kravitz (“Be My Baby”, “Natural High” e “Paradis”, uma homenagem explícita), o álbum surpreendeu pela inventividade. Já Bliss, de 2000, apresentou desempenho comercial fraco e decepcionou. Em 2007, voltando a compor em sua língua natal, a cantora apresentou Divinidylle, neologismo a partir de “Divine Idylle”, o maior sucesso do álbum. O trabalho mais recente da cantora, cada vez mais requisitada como atriz, é Love Songs (2013).

356x237

Vanessa Paradis

Aos 14 anos, Vanessa Paradis conquistou a França cantando “Joe le Taxi”, que em 1987 foi durante quase três meses a música mais tocada (no Brasil a versão “Vou de Táxi” consagraria a também adolescente Angélica), abrindo portas para o primeiro álbum, M&J (1988), que trouxe o segundo hit, “Marilyn & John”, uma homenagem a Marylin Monroe. A beleza de Vanessa e sua atitude nos palcos logo seriam notadas pelo cinema e pela publicidade: ela se tornou modelo da Chanel e, aos 18 anos, recebeu o César por sua atuação no filme Boda Branca. O álbum consagrador seria o terceiro, Vanessa Paradis, gravado nos EUA em 1992, com produção do então namorado Lenny Kravitz. Cantando em inglês canções de Lou Reed (“I’M Waiting for the Man”) e de Kravitz (“Be My Baby”, “Natural High” e “Paradis”, uma homenagem explícita), o álbum surpreendeu pela inventividade. Já Bliss, de 2000, apresentou desempenho comercial fraco e decepcionou. Em 2007, voltando a compor em sua língua natal, a cantora apresentou Divinidylle, neologismo a partir de “Divine Idylle”, o maior sucesso do álbum. O trabalho mais recente da cantora, cada vez mais requisitada como atriz, é Love Songs (2013).

Sobre Vanessa Paradis

Aos 14 anos, Vanessa Paradis conquistou a França cantando “Joe le Taxi”, que em 1987 foi durante quase três meses a música mais tocada (no Brasil a versão “Vou de Táxi” consagraria a também adolescente Angélica), abrindo portas para o primeiro álbum, M&J (1988), que trouxe o segundo hit, “Marilyn & John”, uma homenagem a Marylin Monroe. A beleza de Vanessa e sua atitude nos palcos logo seriam notadas pelo cinema e pela publicidade: ela se tornou modelo da Chanel e, aos 18 anos, recebeu o César por sua atuação no filme Boda Branca. O álbum consagrador seria o terceiro, Vanessa Paradis, gravado nos EUA em 1992, com produção do então namorado Lenny Kravitz. Cantando em inglês canções de Lou Reed (“I’M Waiting for the Man”) e de Kravitz (“Be My Baby”, “Natural High” e “Paradis”, uma homenagem explícita), o álbum surpreendeu pela inventividade. Já Bliss, de 2000, apresentou desempenho comercial fraco e decepcionou. Em 2007, voltando a compor em sua língua natal, a cantora apresentou Divinidylle, neologismo a partir de “Divine Idylle”, o maior sucesso do álbum. O trabalho mais recente da cantora, cada vez mais requisitada como atriz, é Love Songs (2013).

Sobre Vanessa Paradis

Aos 14 anos, Vanessa Paradis conquistou a França cantando “Joe le Taxi”, que em 1987 foi durante quase três meses a música mais tocada (no Brasil a versão “Vou de Táxi” consagraria a também adolescente Angélica), abrindo portas para o primeiro álbum, M&J (1988), que trouxe o segundo hit, “Marilyn & John”, uma homenagem a Marylin Monroe. A beleza de Vanessa e sua atitude nos palcos logo seriam notadas pelo cinema e pela publicidade: ela se tornou modelo da Chanel e, aos 18 anos, recebeu o César por sua atuação no filme Boda Branca. O álbum consagrador seria o terceiro, Vanessa Paradis, gravado nos EUA em 1992, com produção do então namorado Lenny Kravitz. Cantando em inglês canções de Lou Reed (“I’M Waiting for the Man”) e de Kravitz (“Be My Baby”, “Natural High” e “Paradis”, uma homenagem explícita), o álbum surpreendeu pela inventividade. Já Bliss, de 2000, apresentou desempenho comercial fraco e decepcionou. Em 2007, voltando a compor em sua língua natal, a cantora apresentou Divinidylle, neologismo a partir de “Divine Idylle”, o maior sucesso do álbum. O trabalho mais recente da cantora, cada vez mais requisitada como atriz, é Love Songs (2013).

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.