356x237

Artista

Ultraje a Rigor

Sobre Ultraje a Rigor

De início uma banda cover criada pelo paulistano Roger Moreira com seus amigos Leôspa (Leonardo Gagliasso), Maurício Defendi e Edgard Scandurra (que formaria mais tarde o grupo Ira!), o Ultraje a Rigor tocava principalmente Beatles e punk rock na noite paulistana. Em 1983 lança o primeiro single, com as músicas “Inútil” e “Mim Quer Tocar”. A primeira torna-se um sucesso quase imediato, motivando um segundo single, já com Marco Bartolini assumindo a guitarra que era de Scandurra, com as canções “Eu me Amo” e “Rebelde Sem Causa”. Novo estardalhaço nas rádios, um contrato com a gravadora WEA e, em 1985, aconteceria a bomba H do grupo: o álbum Nós Vamos Invadir Sua Praia, o primeiro disco de rock a ganhar Disco de Ouro e Disco de Platina no Brasil. Várias músicas do álbum figuraram entre as mais tocadas, anunciando com suas letras debochadas e provocativas, um novo país que saía da ditadura. Além dos singles já lançados, a faixa-título tornou a banda conhecida nacionalmente. Em 2008, a MTV elegeria este o melhor álbum da história do rock brasileiro. Os álbuns seguintes lançados pela WEA, Liberdade para Marylou (1986) e Sexo! (1987) não repetiram a coqueluche do álbum inicial do grupo. O seguinte, Crescendo (1989), testava a censura recém-abolida com a faixa “Filha da Puta”, mas não obteve grande repercussão de público. Inteiramente remodelado, mantendo apenas Roger Melo à frente, o Ultraje a Rigor sobe no palco do Rock in Rio 3 em 2001, buscando retomar o público que ouvia a banda na juventude e, agora, trazia seus filhos ao festival. Em 2005, grava o especial Acústico MTV, no qual retoma alguns antigos sucessos, e desde 2011 o grupo participa do talk show do apresentador Danilo Gentili.

356x237

Ultraje a Rigor

De início uma banda cover criada pelo paulistano Roger Moreira com seus amigos Leôspa (Leonardo Gagliasso), Maurício Defendi e Edgard Scandurra (que formaria mais tarde o grupo Ira!), o Ultraje a Rigor tocava principalmente Beatles e punk rock na noite paulistana. Em 1983 lança o primeiro single, com as músicas “Inútil” e “Mim Quer Tocar”. A primeira torna-se um sucesso quase imediato, motivando um segundo single, já com Marco Bartolini assumindo a guitarra que era de Scandurra, com as canções “Eu me Amo” e “Rebelde Sem Causa”. Novo estardalhaço nas rádios, um contrato com a gravadora WEA e, em 1985, aconteceria a bomba H do grupo: o álbum Nós Vamos Invadir Sua Praia, o primeiro disco de rock a ganhar Disco de Ouro e Disco de Platina no Brasil. Várias músicas do álbum figuraram entre as mais tocadas, anunciando com suas letras debochadas e provocativas, um novo país que saía da ditadura. Além dos singles já lançados, a faixa-título tornou a banda conhecida nacionalmente. Em 2008, a MTV elegeria este o melhor álbum da história do rock brasileiro. Os álbuns seguintes lançados pela WEA, Liberdade para Marylou (1986) e Sexo! (1987) não repetiram a coqueluche do álbum inicial do grupo. O seguinte, Crescendo (1989), testava a censura recém-abolida com a faixa “Filha da Puta”, mas não obteve grande repercussão de público. Inteiramente remodelado, mantendo apenas Roger Melo à frente, o Ultraje a Rigor sobe no palco do Rock in Rio 3 em 2001, buscando retomar o público que ouvia a banda na juventude e, agora, trazia seus filhos ao festival. Em 2005, grava o especial Acústico MTV, no qual retoma alguns antigos sucessos, e desde 2011 o grupo participa do talk show do apresentador Danilo Gentili.

Sobre Ultraje a Rigor

De início uma banda cover criada pelo paulistano Roger Moreira com seus amigos Leôspa (Leonardo Gagliasso), Maurício Defendi e Edgard Scandurra (que formaria mais tarde o grupo Ira!), o Ultraje a Rigor tocava principalmente Beatles e punk rock na noite paulistana. Em 1983 lança o primeiro single, com as músicas “Inútil” e “Mim Quer Tocar”. A primeira torna-se um sucesso quase imediato, motivando um segundo single, já com Marco Bartolini assumindo a guitarra que era de Scandurra, com as canções “Eu me Amo” e “Rebelde Sem Causa”. Novo estardalhaço nas rádios, um contrato com a gravadora WEA e, em 1985, aconteceria a bomba H do grupo: o álbum Nós Vamos Invadir Sua Praia, o primeiro disco de rock a ganhar Disco de Ouro e Disco de Platina no Brasil. Várias músicas do álbum figuraram entre as mais tocadas, anunciando com suas letras debochadas e provocativas, um novo país que saía da ditadura. Além dos singles já lançados, a faixa-título tornou a banda conhecida nacionalmente. Em 2008, a MTV elegeria este o melhor álbum da história do rock brasileiro. Os álbuns seguintes lançados pela WEA, Liberdade para Marylou (1986) e Sexo! (1987) não repetiram a coqueluche do álbum inicial do grupo. O seguinte, Crescendo (1989), testava a censura recém-abolida com a faixa “Filha da Puta”, mas não obteve grande repercussão de público. Inteiramente remodelado, mantendo apenas Roger Melo à frente, o Ultraje a Rigor sobe no palco do Rock in Rio 3 em 2001, buscando retomar o público que ouvia a banda na juventude e, agora, trazia seus filhos ao festival. Em 2005, grava o especial Acústico MTV, no qual retoma alguns antigos sucessos, e desde 2011 o grupo participa do talk show do apresentador Danilo Gentili.

Sobre Ultraje a Rigor

De início uma banda cover criada pelo paulistano Roger Moreira com seus amigos Leôspa (Leonardo Gagliasso), Maurício Defendi e Edgard Scandurra (que formaria mais tarde o grupo Ira!), o Ultraje a Rigor tocava principalmente Beatles e punk rock na noite paulistana. Em 1983 lança o primeiro single, com as músicas “Inútil” e “Mim Quer Tocar”. A primeira torna-se um sucesso quase imediato, motivando um segundo single, já com Marco Bartolini assumindo a guitarra que era de Scandurra, com as canções “Eu me Amo” e “Rebelde Sem Causa”. Novo estardalhaço nas rádios, um contrato com a gravadora WEA e, em 1985, aconteceria a bomba H do grupo: o álbum Nós Vamos Invadir Sua Praia, o primeiro disco de rock a ganhar Disco de Ouro e Disco de Platina no Brasil. Várias músicas do álbum figuraram entre as mais tocadas, anunciando com suas letras debochadas e provocativas, um novo país que saía da ditadura. Além dos singles já lançados, a faixa-título tornou a banda conhecida nacionalmente. Em 2008, a MTV elegeria este o melhor álbum da história do rock brasileiro. Os álbuns seguintes lançados pela WEA, Liberdade para Marylou (1986) e Sexo! (1987) não repetiram a coqueluche do álbum inicial do grupo. O seguinte, Crescendo (1989), testava a censura recém-abolida com a faixa “Filha da Puta”, mas não obteve grande repercussão de público. Inteiramente remodelado, mantendo apenas Roger Melo à frente, o Ultraje a Rigor sobe no palco do Rock in Rio 3 em 2001, buscando retomar o público que ouvia a banda na juventude e, agora, trazia seus filhos ao festival. Em 2005, grava o especial Acústico MTV, no qual retoma alguns antigos sucessos, e desde 2011 o grupo participa do talk show do apresentador Danilo Gentili.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.