356x237

Artista

Trio Parada Dura

Sobre Trio Parada Dura

Formado em 1975 por Creone, Barrerito e Mangabinha, e passando por quatro formações diferentes, o Trio Parada Dura manteve-se fiel ao estilo sertanejo ao longo de 40 anos de carreira, tendo como elementos constantes a irreverência de algumas canções, como “Bicho Bom É Mulher” e “O Doutor e a Empregada”, e o acordeom de Mangabinha. Na década de 1980, com as músicas “Fuscão Preto”, do álbum Último Adeus, e “Panela Velha”, de Alto Astral , o grupo se tornou conhecido nacionalmente, transformando essas faixas em clássicos da música sertaneja. O álbum mais recente do trio é 1.000 Motivos, que saiu em 2013.

356x237

Trio Parada Dura

Formado em 1975 por Creone, Barrerito e Mangabinha, e passando por quatro formações diferentes, o Trio Parada Dura manteve-se fiel ao estilo sertanejo ao longo de 40 anos de carreira, tendo como elementos constantes a irreverência de algumas canções, como “Bicho Bom É Mulher” e “O Doutor e a Empregada”, e o acordeom de Mangabinha. Na década de 1980, com as músicas “Fuscão Preto”, do álbum Último Adeus, e “Panela Velha”, de Alto Astral , o grupo se tornou conhecido nacionalmente, transformando essas faixas em clássicos da música sertaneja. O álbum mais recente do trio é 1.000 Motivos, que saiu em 2013.

Sobre Trio Parada Dura

Formado em 1975 por Creone, Barrerito e Mangabinha, e passando por quatro formações diferentes, o Trio Parada Dura manteve-se fiel ao estilo sertanejo ao longo de 40 anos de carreira, tendo como elementos constantes a irreverência de algumas canções, como “Bicho Bom É Mulher” e “O Doutor e a Empregada”, e o acordeom de Mangabinha. Na década de 1980, com as músicas “Fuscão Preto”, do álbum Último Adeus, e “Panela Velha”, de Alto Astral , o grupo se tornou conhecido nacionalmente, transformando essas faixas em clássicos da música sertaneja. O álbum mais recente do trio é 1.000 Motivos, que saiu em 2013.

Sobre Trio Parada Dura

Formado em 1975 por Creone, Barrerito e Mangabinha, e passando por quatro formações diferentes, o Trio Parada Dura manteve-se fiel ao estilo sertanejo ao longo de 40 anos de carreira, tendo como elementos constantes a irreverência de algumas canções, como “Bicho Bom É Mulher” e “O Doutor e a Empregada”, e o acordeom de Mangabinha. Na década de 1980, com as músicas “Fuscão Preto”, do álbum Último Adeus, e “Panela Velha”, de Alto Astral , o grupo se tornou conhecido nacionalmente, transformando essas faixas em clássicos da música sertaneja. O álbum mais recente do trio é 1.000 Motivos, que saiu em 2013.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.