356x237

Artista

Tony Bennett

Sobre Tony Bennett

Anthony Dominick Benedetto nasceu em 1926, no Queens, Nova York, em uma família pobre de origem calabresa. Aos 13 anos, já era um cantor-garçom nos restaurantes italianos do bairro. Lutou no final da Segunda Guerra Mundial – ele estava entre as tropas aliadas que chegaram na Alemanha e até participou da libertação de um campo de concentração. Na volta, levou o canto a sério e se profissionalizou. O primeiro – e enorme – sucesso veio em 1951, com a canção “Because of You”. Sempre com uma big band, gravou outros standards do jazz e do cancioneiro americano, como “Rags to Riches”. Álbuns notáveis como Basie Swings, Bennett Sings (1958), com a orquestra de Count Basie, e I Left My Heart in San Francisco (1962) foram alguns de seus marcos na era de ouro, que desapareceu com a ascensão do rock n’roll. Entre o final da década de 1960 e o começo da de 1980, o cantor faliu, viciou-se em drogas e fez alguns shows em Las Vegas, então decadente. Com ajuda do filho, Tony Bennett voltou a brilhar em 1986, com The Art of Excellence. Gravou então tributos a Frank Sinatra (Perfectly Frank) e a Fred Astaire (Steppin' Out) e apresentou-se em festivais de rock. Pintor de talento e democrata ativista, Tony Bennett possui uma escola de arte em Nova York que tem o nome do amigo Frank Sinatra.

356x237

Tony Bennett

Anthony Dominick Benedetto nasceu em 1926, no Queens, Nova York, em uma família pobre de origem calabresa. Aos 13 anos, já era um cantor-garçom nos restaurantes italianos do bairro. Lutou no final da Segunda Guerra Mundial – ele estava entre as tropas aliadas que chegaram na Alemanha e até participou da libertação de um campo de concentração. Na volta, levou o canto a sério e se profissionalizou. O primeiro – e enorme – sucesso veio em 1951, com a canção “Because of You”. Sempre com uma big band, gravou outros standards do jazz e do cancioneiro americano, como “Rags to Riches”. Álbuns notáveis como Basie Swings, Bennett Sings (1958), com a orquestra de Count Basie, e I Left My Heart in San Francisco (1962) foram alguns de seus marcos na era de ouro, que desapareceu com a ascensão do rock n’roll. Entre o final da década de 1960 e o começo da de 1980, o cantor faliu, viciou-se em drogas e fez alguns shows em Las Vegas, então decadente. Com ajuda do filho, Tony Bennett voltou a brilhar em 1986, com The Art of Excellence. Gravou então tributos a Frank Sinatra (Perfectly Frank) e a Fred Astaire (Steppin' Out) e apresentou-se em festivais de rock. Pintor de talento e democrata ativista, Tony Bennett possui uma escola de arte em Nova York que tem o nome do amigo Frank Sinatra.

Sobre Tony Bennett

Anthony Dominick Benedetto nasceu em 1926, no Queens, Nova York, em uma família pobre de origem calabresa. Aos 13 anos, já era um cantor-garçom nos restaurantes italianos do bairro. Lutou no final da Segunda Guerra Mundial – ele estava entre as tropas aliadas que chegaram na Alemanha e até participou da libertação de um campo de concentração. Na volta, levou o canto a sério e se profissionalizou. O primeiro – e enorme – sucesso veio em 1951, com a canção “Because of You”. Sempre com uma big band, gravou outros standards do jazz e do cancioneiro americano, como “Rags to Riches”. Álbuns notáveis como Basie Swings, Bennett Sings (1958), com a orquestra de Count Basie, e I Left My Heart in San Francisco (1962) foram alguns de seus marcos na era de ouro, que desapareceu com a ascensão do rock n’roll. Entre o final da década de 1960 e o começo da de 1980, o cantor faliu, viciou-se em drogas e fez alguns shows em Las Vegas, então decadente. Com ajuda do filho, Tony Bennett voltou a brilhar em 1986, com The Art of Excellence. Gravou então tributos a Frank Sinatra (Perfectly Frank) e a Fred Astaire (Steppin' Out) e apresentou-se em festivais de rock. Pintor de talento e democrata ativista, Tony Bennett possui uma escola de arte em Nova York que tem o nome do amigo Frank Sinatra.

Sobre Tony Bennett

Anthony Dominick Benedetto nasceu em 1926, no Queens, Nova York, em uma família pobre de origem calabresa. Aos 13 anos, já era um cantor-garçom nos restaurantes italianos do bairro. Lutou no final da Segunda Guerra Mundial – ele estava entre as tropas aliadas que chegaram na Alemanha e até participou da libertação de um campo de concentração. Na volta, levou o canto a sério e se profissionalizou. O primeiro – e enorme – sucesso veio em 1951, com a canção “Because of You”. Sempre com uma big band, gravou outros standards do jazz e do cancioneiro americano, como “Rags to Riches”. Álbuns notáveis como Basie Swings, Bennett Sings (1958), com a orquestra de Count Basie, e I Left My Heart in San Francisco (1962) foram alguns de seus marcos na era de ouro, que desapareceu com a ascensão do rock n’roll. Entre o final da década de 1960 e o começo da de 1980, o cantor faliu, viciou-se em drogas e fez alguns shows em Las Vegas, então decadente. Com ajuda do filho, Tony Bennett voltou a brilhar em 1986, com The Art of Excellence. Gravou então tributos a Frank Sinatra (Perfectly Frank) e a Fred Astaire (Steppin' Out) e apresentou-se em festivais de rock. Pintor de talento e democrata ativista, Tony Bennett possui uma escola de arte em Nova York que tem o nome do amigo Frank Sinatra.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.