356x237

Artista

Till Brönner

Sobre Till Brönner

O trompetista, cantor e compositor Till Brönner é um dos músicos de jazz alemão mais famosos de sua geração. Misturando elementos tradicionais do estilo a ritmos contemporâneos, como o R&B e o hip hop, Brönner lançou seu primeiro álbum, Generations of Jazz, em 1993. Três anos depois, foi a vez de German Songs, que conta com arranjos no formato quarteto de jazz mais orquestra para temas de filmes clássicos da Alemanha. Depois de Love e um tributo a Chet Baker, veio Blue Eyed Soul, em colaboração com o cantor Mark Murphy e o DJ Samon Kawamura. Com ele, a composição de Brönner ganhou toques eletrônicos. That Summer (2004), principal êxito de sua discografia, conquistou o 16º lugar nas paradas de seu país natal e o consagrou como o artista de jazz alemão mais comercializado da história. Em 2009, o trompetista prestou tributo à bossa nova no álbum Rio, convocando nomes da música brasileira como Vanessa da Mata, Milton Nascimento e Sergio Mendes, além da escocesa Annie Lennox. Releituras de temas de sucessos do cinema, entre eles os de Cinema Paradiso, O Poderoso Chefão e Casablanca marcam o trabalho batizado como The Movie Album, lançado em 2014.

356x237

Till Brönner

O trompetista, cantor e compositor Till Brönner é um dos músicos de jazz alemão mais famosos de sua geração. Misturando elementos tradicionais do estilo a ritmos contemporâneos, como o R&B e o hip hop, Brönner lançou seu primeiro álbum, Generations of Jazz, em 1993. Três anos depois, foi a vez de German Songs, que conta com arranjos no formato quarteto de jazz mais orquestra para temas de filmes clássicos da Alemanha. Depois de Love e um tributo a Chet Baker, veio Blue Eyed Soul, em colaboração com o cantor Mark Murphy e o DJ Samon Kawamura. Com ele, a composição de Brönner ganhou toques eletrônicos. That Summer (2004), principal êxito de sua discografia, conquistou o 16º lugar nas paradas de seu país natal e o consagrou como o artista de jazz alemão mais comercializado da história. Em 2009, o trompetista prestou tributo à bossa nova no álbum Rio, convocando nomes da música brasileira como Vanessa da Mata, Milton Nascimento e Sergio Mendes, além da escocesa Annie Lennox. Releituras de temas de sucessos do cinema, entre eles os de Cinema Paradiso, O Poderoso Chefão e Casablanca marcam o trabalho batizado como The Movie Album, lançado em 2014.

Sobre Till Brönner

O trompetista, cantor e compositor Till Brönner é um dos músicos de jazz alemão mais famosos de sua geração. Misturando elementos tradicionais do estilo a ritmos contemporâneos, como o R&B e o hip hop, Brönner lançou seu primeiro álbum, Generations of Jazz, em 1993. Três anos depois, foi a vez de German Songs, que conta com arranjos no formato quarteto de jazz mais orquestra para temas de filmes clássicos da Alemanha. Depois de Love e um tributo a Chet Baker, veio Blue Eyed Soul, em colaboração com o cantor Mark Murphy e o DJ Samon Kawamura. Com ele, a composição de Brönner ganhou toques eletrônicos. That Summer (2004), principal êxito de sua discografia, conquistou o 16º lugar nas paradas de seu país natal e o consagrou como o artista de jazz alemão mais comercializado da história. Em 2009, o trompetista prestou tributo à bossa nova no álbum Rio, convocando nomes da música brasileira como Vanessa da Mata, Milton Nascimento e Sergio Mendes, além da escocesa Annie Lennox. Releituras de temas de sucessos do cinema, entre eles os de Cinema Paradiso, O Poderoso Chefão e Casablanca marcam o trabalho batizado como The Movie Album, lançado em 2014.

Sobre Till Brönner

O trompetista, cantor e compositor Till Brönner é um dos músicos de jazz alemão mais famosos de sua geração. Misturando elementos tradicionais do estilo a ritmos contemporâneos, como o R&B e o hip hop, Brönner lançou seu primeiro álbum, Generations of Jazz, em 1993. Três anos depois, foi a vez de German Songs, que conta com arranjos no formato quarteto de jazz mais orquestra para temas de filmes clássicos da Alemanha. Depois de Love e um tributo a Chet Baker, veio Blue Eyed Soul, em colaboração com o cantor Mark Murphy e o DJ Samon Kawamura. Com ele, a composição de Brönner ganhou toques eletrônicos. That Summer (2004), principal êxito de sua discografia, conquistou o 16º lugar nas paradas de seu país natal e o consagrou como o artista de jazz alemão mais comercializado da história. Em 2009, o trompetista prestou tributo à bossa nova no álbum Rio, convocando nomes da música brasileira como Vanessa da Mata, Milton Nascimento e Sergio Mendes, além da escocesa Annie Lennox. Releituras de temas de sucessos do cinema, entre eles os de Cinema Paradiso, O Poderoso Chefão e Casablanca marcam o trabalho batizado como The Movie Album, lançado em 2014.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.