356x237

Artista

Tião Carreiro e Pardinho

Sobre Tião Carreiro e Pardinho

Uma das duplas pioneiras do sertanejo é também responsável por popularizar o termo pagode no Brasil. Tião Carreiro (1934-1993) e Pardinho (1932-2001) percorreram o interior do Brasil em carreira solo – e com outras duplas – até se encontrarem no Circo Rapa Rapa, em Pirajuí (SP), em 1954, quando decidiram unir seus talentos. A dupla gravou cerca de 30 álbuns numa carreira que durou mais de 30 anos. Produziram sucessos como "Rio de Lágrimas" e "Golpe de Mestre", duas peças de teatro (O Mineiro e o Italiano e Pai João) e até um filme (Sertão em Festa, de 1970). Tião Carreiro ganhou a alcunha de Rei do Pagode do compositor Lourival dos Santos, quando chegou em São Paulo, na década de 1950. Naquela época “pagode” significava uma festa em família. Com o adendo da batida percussiva criada pelas mãos astutas de Tião no violão, o termo ganhou o Brasil.

356x237

Tião Carreiro e Pardinho

Uma das duplas pioneiras do sertanejo é também responsável por popularizar o termo pagode no Brasil. Tião Carreiro (1934-1993) e Pardinho (1932-2001) percorreram o interior do Brasil em carreira solo – e com outras duplas – até se encontrarem no Circo Rapa Rapa, em Pirajuí (SP), em 1954, quando decidiram unir seus talentos. A dupla gravou cerca de 30 álbuns numa carreira que durou mais de 30 anos. Produziram sucessos como "Rio de Lágrimas" e "Golpe de Mestre", duas peças de teatro (O Mineiro e o Italiano e Pai João) e até um filme (Sertão em Festa, de 1970). Tião Carreiro ganhou a alcunha de Rei do Pagode do compositor Lourival dos Santos, quando chegou em São Paulo, na década de 1950. Naquela época “pagode” significava uma festa em família. Com o adendo da batida percussiva criada pelas mãos astutas de Tião no violão, o termo ganhou o Brasil.

Sobre Tião Carreiro e Pardinho

Uma das duplas pioneiras do sertanejo é também responsável por popularizar o termo pagode no Brasil. Tião Carreiro (1934-1993) e Pardinho (1932-2001) percorreram o interior do Brasil em carreira solo – e com outras duplas – até se encontrarem no Circo Rapa Rapa, em Pirajuí (SP), em 1954, quando decidiram unir seus talentos. A dupla gravou cerca de 30 álbuns numa carreira que durou mais de 30 anos. Produziram sucessos como "Rio de Lágrimas" e "Golpe de Mestre", duas peças de teatro (O Mineiro e o Italiano e Pai João) e até um filme (Sertão em Festa, de 1970). Tião Carreiro ganhou a alcunha de Rei do Pagode do compositor Lourival dos Santos, quando chegou em São Paulo, na década de 1950. Naquela época “pagode” significava uma festa em família. Com o adendo da batida percussiva criada pelas mãos astutas de Tião no violão, o termo ganhou o Brasil.

Sobre Tião Carreiro e Pardinho

Uma das duplas pioneiras do sertanejo é também responsável por popularizar o termo pagode no Brasil. Tião Carreiro (1934-1993) e Pardinho (1932-2001) percorreram o interior do Brasil em carreira solo – e com outras duplas – até se encontrarem no Circo Rapa Rapa, em Pirajuí (SP), em 1954, quando decidiram unir seus talentos. A dupla gravou cerca de 30 álbuns numa carreira que durou mais de 30 anos. Produziram sucessos como "Rio de Lágrimas" e "Golpe de Mestre", duas peças de teatro (O Mineiro e o Italiano e Pai João) e até um filme (Sertão em Festa, de 1970). Tião Carreiro ganhou a alcunha de Rei do Pagode do compositor Lourival dos Santos, quando chegou em São Paulo, na década de 1950. Naquela época “pagode” significava uma festa em família. Com o adendo da batida percussiva criada pelas mãos astutas de Tião no violão, o termo ganhou o Brasil.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.