356x237

Artista

Suzanne Vega

Sobre Suzanne Vega

Influenciada pelo folk e o som de músicos como Bob Dylan, Lou Reed e Leonard Cohen, a cantora americana Suzanne Vega começou sua trajetória tocando violão e cantando em bares. Seu primeiro e bem recebido registro, batizado com seu nome, chegou ao mercado em 1985. Ela ganhou o topo das paradas dois anos depois, com seu segundo álbum, Solitude Standing. O trabalho teve a venda impulsionada pelos dois maiores hits de sua carreira: “Luka”, canção que trata de violência contra criança e lhe garantiu três indicações ao Grammy, e “Tom’s Diner”, inspirada no restaurante homônimo de Nova York. Em seus lançamentos posteriores, Suzanne seguiu fazendo experimentações com misturas de gêneros como jazz e eletrônica. Em 2010 ela revisitou sua obra em versão acústica, na coleção Close Up, com quatro volumes. Depois de sete anos sem lançar material inédito, Suzanne soltou Tales from the Realm of the Queen of Pentacles em 2014. Reconhecida pela voz suave e as letras fortes de suas canções, Susanne é formada em literatura e autora do livro The Passionate Eye e da peça Carson McCullers Talks About Love. A admiração pela escritora americana Carson McCullers (1917-1967), aliás, rendeu ainda o álbum Lover, Beloved: Songs from an Evening with Carson McCullers (2016), cujo repertório vai do blues de “Carsons Blues” ao folk de “We of Me”.

356x237

Suzanne Vega

Influenciada pelo folk e o som de músicos como Bob Dylan, Lou Reed e Leonard Cohen, a cantora americana Suzanne Vega começou sua trajetória tocando violão e cantando em bares. Seu primeiro e bem recebido registro, batizado com seu nome, chegou ao mercado em 1985. Ela ganhou o topo das paradas dois anos depois, com seu segundo álbum, Solitude Standing. O trabalho teve a venda impulsionada pelos dois maiores hits de sua carreira: “Luka”, canção que trata de violência contra criança e lhe garantiu três indicações ao Grammy, e “Tom’s Diner”, inspirada no restaurante homônimo de Nova York. Em seus lançamentos posteriores, Suzanne seguiu fazendo experimentações com misturas de gêneros como jazz e eletrônica. Em 2010 ela revisitou sua obra em versão acústica, na coleção Close Up, com quatro volumes. Depois de sete anos sem lançar material inédito, Suzanne soltou Tales from the Realm of the Queen of Pentacles em 2014. Reconhecida pela voz suave e as letras fortes de suas canções, Susanne é formada em literatura e autora do livro The Passionate Eye e da peça Carson McCullers Talks About Love. A admiração pela escritora americana Carson McCullers (1917-1967), aliás, rendeu ainda o álbum Lover, Beloved: Songs from an Evening with Carson McCullers (2016), cujo repertório vai do blues de “Carsons Blues” ao folk de “We of Me”.

Sobre Suzanne Vega

Influenciada pelo folk e o som de músicos como Bob Dylan, Lou Reed e Leonard Cohen, a cantora americana Suzanne Vega começou sua trajetória tocando violão e cantando em bares. Seu primeiro e bem recebido registro, batizado com seu nome, chegou ao mercado em 1985. Ela ganhou o topo das paradas dois anos depois, com seu segundo álbum, Solitude Standing. O trabalho teve a venda impulsionada pelos dois maiores hits de sua carreira: “Luka”, canção que trata de violência contra criança e lhe garantiu três indicações ao Grammy, e “Tom’s Diner”, inspirada no restaurante homônimo de Nova York. Em seus lançamentos posteriores, Suzanne seguiu fazendo experimentações com misturas de gêneros como jazz e eletrônica. Em 2010 ela revisitou sua obra em versão acústica, na coleção Close Up, com quatro volumes. Depois de sete anos sem lançar material inédito, Suzanne soltou Tales from the Realm of the Queen of Pentacles em 2014. Reconhecida pela voz suave e as letras fortes de suas canções, Susanne é formada em literatura e autora do livro The Passionate Eye e da peça Carson McCullers Talks About Love. A admiração pela escritora americana Carson McCullers (1917-1967), aliás, rendeu ainda o álbum Lover, Beloved: Songs from an Evening with Carson McCullers (2016), cujo repertório vai do blues de “Carsons Blues” ao folk de “We of Me”.

Sobre Suzanne Vega

Influenciada pelo folk e o som de músicos como Bob Dylan, Lou Reed e Leonard Cohen, a cantora americana Suzanne Vega começou sua trajetória tocando violão e cantando em bares. Seu primeiro e bem recebido registro, batizado com seu nome, chegou ao mercado em 1985. Ela ganhou o topo das paradas dois anos depois, com seu segundo álbum, Solitude Standing. O trabalho teve a venda impulsionada pelos dois maiores hits de sua carreira: “Luka”, canção que trata de violência contra criança e lhe garantiu três indicações ao Grammy, e “Tom’s Diner”, inspirada no restaurante homônimo de Nova York. Em seus lançamentos posteriores, Suzanne seguiu fazendo experimentações com misturas de gêneros como jazz e eletrônica. Em 2010 ela revisitou sua obra em versão acústica, na coleção Close Up, com quatro volumes. Depois de sete anos sem lançar material inédito, Suzanne soltou Tales from the Realm of the Queen of Pentacles em 2014. Reconhecida pela voz suave e as letras fortes de suas canções, Susanne é formada em literatura e autora do livro The Passionate Eye e da peça Carson McCullers Talks About Love. A admiração pela escritora americana Carson McCullers (1917-1967), aliás, rendeu ainda o álbum Lover, Beloved: Songs from an Evening with Carson McCullers (2016), cujo repertório vai do blues de “Carsons Blues” ao folk de “We of Me”.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.