356x237

Artista

Simone

Sobre Simone

Ela já foi jogadora de basquete e chegou a fazer parte da Seleção Brasileira, mas a música acabou ganhando toda a sua atenção. A chance fora das quadras surgiu em um jantar patrocinado por sua professora de violão, no qual pôde mostrar sua voz grave e afinada de meio-soprano para um diretor da gravadora Odeon, que a convidou para um teste. Saiu então o primeiro álbum, Simone, lançado em 1973. O sucesso veio mesmo a partir do denso e melancólico Entre Quatro Paredes, no ano seguinte. Em 1975, foi a vez de Gotas d’Água, com a participação especial de Milton Nascimento, que se tornaria uma espécie de padrinho musical da cantora, tendo inclusive feito uma canção em sua homenagem, “Cigarra” – gravada no álbum do mesmo nome, de 1978. Durante a década seguinte, Simone migrou para um repertório marcadamente romântico, por alguns até considerado brega. Em 1996, Café com Leite, dedicado aos sambas de Martinho da Vila, sinalizava um retorno a um repertório mais semelhante ao do início da carreira. Seu trabalho de estúdio mais recente é de 2009, Na Veia, que traz composições de Paulinho da Viola (“Ame”), Gonzaguinha (“Geraldinos e Arquibaldos”) e uma rara composição própria, em parceria com Hermínio Belo de Carvalho, “Vale a Pena Tentar”.

356x237

Simone

Ela já foi jogadora de basquete e chegou a fazer parte da Seleção Brasileira, mas a música acabou ganhando toda a sua atenção. A chance fora das quadras surgiu em um jantar patrocinado por sua professora de violão, no qual pôde mostrar sua voz grave e afinada de meio-soprano para um diretor da gravadora Odeon, que a convidou para um teste. Saiu então o primeiro álbum, Simone, lançado em 1973. O sucesso veio mesmo a partir do denso e melancólico Entre Quatro Paredes, no ano seguinte. Em 1975, foi a vez de Gotas d’Água, com a participação especial de Milton Nascimento, que se tornaria uma espécie de padrinho musical da cantora, tendo inclusive feito uma canção em sua homenagem, “Cigarra” – gravada no álbum do mesmo nome, de 1978. Durante a década seguinte, Simone migrou para um repertório marcadamente romântico, por alguns até considerado brega. Em 1996, Café com Leite, dedicado aos sambas de Martinho da Vila, sinalizava um retorno a um repertório mais semelhante ao do início da carreira. Seu trabalho de estúdio mais recente é de 2009, Na Veia, que traz composições de Paulinho da Viola (“Ame”), Gonzaguinha (“Geraldinos e Arquibaldos”) e uma rara composição própria, em parceria com Hermínio Belo de Carvalho, “Vale a Pena Tentar”.

Sobre Simone

Ela já foi jogadora de basquete e chegou a fazer parte da Seleção Brasileira, mas a música acabou ganhando toda a sua atenção. A chance fora das quadras surgiu em um jantar patrocinado por sua professora de violão, no qual pôde mostrar sua voz grave e afinada de meio-soprano para um diretor da gravadora Odeon, que a convidou para um teste. Saiu então o primeiro álbum, Simone, lançado em 1973. O sucesso veio mesmo a partir do denso e melancólico Entre Quatro Paredes, no ano seguinte. Em 1975, foi a vez de Gotas d’Água, com a participação especial de Milton Nascimento, que se tornaria uma espécie de padrinho musical da cantora, tendo inclusive feito uma canção em sua homenagem, “Cigarra” – gravada no álbum do mesmo nome, de 1978. Durante a década seguinte, Simone migrou para um repertório marcadamente romântico, por alguns até considerado brega. Em 1996, Café com Leite, dedicado aos sambas de Martinho da Vila, sinalizava um retorno a um repertório mais semelhante ao do início da carreira. Seu trabalho de estúdio mais recente é de 2009, Na Veia, que traz composições de Paulinho da Viola (“Ame”), Gonzaguinha (“Geraldinos e Arquibaldos”) e uma rara composição própria, em parceria com Hermínio Belo de Carvalho, “Vale a Pena Tentar”.

Sobre Simone

Ela já foi jogadora de basquete e chegou a fazer parte da Seleção Brasileira, mas a música acabou ganhando toda a sua atenção. A chance fora das quadras surgiu em um jantar patrocinado por sua professora de violão, no qual pôde mostrar sua voz grave e afinada de meio-soprano para um diretor da gravadora Odeon, que a convidou para um teste. Saiu então o primeiro álbum, Simone, lançado em 1973. O sucesso veio mesmo a partir do denso e melancólico Entre Quatro Paredes, no ano seguinte. Em 1975, foi a vez de Gotas d’Água, com a participação especial de Milton Nascimento, que se tornaria uma espécie de padrinho musical da cantora, tendo inclusive feito uma canção em sua homenagem, “Cigarra” – gravada no álbum do mesmo nome, de 1978. Durante a década seguinte, Simone migrou para um repertório marcadamente romântico, por alguns até considerado brega. Em 1996, Café com Leite, dedicado aos sambas de Martinho da Vila, sinalizava um retorno a um repertório mais semelhante ao do início da carreira. Seu trabalho de estúdio mais recente é de 2009, Na Veia, que traz composições de Paulinho da Viola (“Ame”), Gonzaguinha (“Geraldinos e Arquibaldos”) e uma rara composição própria, em parceria com Hermínio Belo de Carvalho, “Vale a Pena Tentar”.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.