356x237

Artista

Sharon Jones & The Dap-Kings

Sobre Sharon Jones & The Dap-Kings

Grande nome do revival do soul e do funk original dos anos 1960 e 1970, os Dap-Kings se formaram a partir de uma banda anterior, The Soul Providers. Em meados dos anos 1990, junto com Sharon Jones, o grupo começou a se apresentar na cena de jazz do Brooklyn nova-iorquino. O primeiro álbum chegou ao mercado em 2002, Dap Dippin' with Sharon Jones & the Dap Kings. Para o público fora dos Estados Unidos, os Dap-Kings ficaram conhecidos pelas colaborações para Back to Black, de Amy Winehouse, e para outros trabalhos igualmente produzidos por Mark Ronson (sem a participação de Sharon Jones). Os principais destaques da discografia de Sharon Jones & The Dap-Kings são os álbuns 100 Days, 100 Nights (2007), Soul Time! (2011) e Give the People What They Want (2014), que concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de R&B, em 2014. Em 2016, após lutar por três anos contra um câncer no pâncreas, Sharon Jones faleceu aos 60 anos.

356x237

Sharon Jones & The Dap-Kings

Grande nome do revival do soul e do funk original dos anos 1960 e 1970, os Dap-Kings se formaram a partir de uma banda anterior, The Soul Providers. Em meados dos anos 1990, junto com Sharon Jones, o grupo começou a se apresentar na cena de jazz do Brooklyn nova-iorquino. O primeiro álbum chegou ao mercado em 2002, Dap Dippin' with Sharon Jones & the Dap Kings. Para o público fora dos Estados Unidos, os Dap-Kings ficaram conhecidos pelas colaborações para Back to Black, de Amy Winehouse, e para outros trabalhos igualmente produzidos por Mark Ronson (sem a participação de Sharon Jones). Os principais destaques da discografia de Sharon Jones & The Dap-Kings são os álbuns 100 Days, 100 Nights (2007), Soul Time! (2011) e Give the People What They Want (2014), que concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de R&B, em 2014. Em 2016, após lutar por três anos contra um câncer no pâncreas, Sharon Jones faleceu aos 60 anos.

Sobre Sharon Jones & The Dap-Kings

Grande nome do revival do soul e do funk original dos anos 1960 e 1970, os Dap-Kings se formaram a partir de uma banda anterior, The Soul Providers. Em meados dos anos 1990, junto com Sharon Jones, o grupo começou a se apresentar na cena de jazz do Brooklyn nova-iorquino. O primeiro álbum chegou ao mercado em 2002, Dap Dippin' with Sharon Jones & the Dap Kings. Para o público fora dos Estados Unidos, os Dap-Kings ficaram conhecidos pelas colaborações para Back to Black, de Amy Winehouse, e para outros trabalhos igualmente produzidos por Mark Ronson (sem a participação de Sharon Jones). Os principais destaques da discografia de Sharon Jones & The Dap-Kings são os álbuns 100 Days, 100 Nights (2007), Soul Time! (2011) e Give the People What They Want (2014), que concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de R&B, em 2014. Em 2016, após lutar por três anos contra um câncer no pâncreas, Sharon Jones faleceu aos 60 anos.

Sobre Sharon Jones & The Dap-Kings

Grande nome do revival do soul e do funk original dos anos 1960 e 1970, os Dap-Kings se formaram a partir de uma banda anterior, The Soul Providers. Em meados dos anos 1990, junto com Sharon Jones, o grupo começou a se apresentar na cena de jazz do Brooklyn nova-iorquino. O primeiro álbum chegou ao mercado em 2002, Dap Dippin' with Sharon Jones & the Dap Kings. Para o público fora dos Estados Unidos, os Dap-Kings ficaram conhecidos pelas colaborações para Back to Black, de Amy Winehouse, e para outros trabalhos igualmente produzidos por Mark Ronson (sem a participação de Sharon Jones). Os principais destaques da discografia de Sharon Jones & The Dap-Kings são os álbuns 100 Days, 100 Nights (2007), Soul Time! (2011) e Give the People What They Want (2014), que concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de R&B, em 2014. Em 2016, após lutar por três anos contra um câncer no pâncreas, Sharon Jones faleceu aos 60 anos.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.