356x237

Artista

Sandy & Junior

Sobre Sandy & Junior

Os irmãos Sandy Leah Lima e Durval Lima Junior carregam música nas veias. Filhos do cantor sertanejo Xororó, da dupla Chitãozinho e Xororó, netos da dupla sertaneja Zé do Rancho e Mariazinha (seus avós maternos), os dois começaram cedo na vida artística. A primeira apresentação pública aconteceu em 1989, no programa Som Brasil, quando Sandy tinha 6, e Junior 5 anos. O sucesso também chegou cedo. O primeiro álbum da dupla, Aniversário do Tatu (1991), vendeu mais de 300 mil cópias, um fenômeno para artistas não apenas iniciantes, mas com menos de dez anos de idade! Os trabalhos seguintes seguiram vendendo bem, com destaque para As Quatro Estações (1999), que alcançaria a marca de 2,5 milhões de cópias vendidas. No ano seguinte, a versão gravada ao vivo do mesmo disco conseguiria superar o recorde do anterior: 2,7 milhões. Nesses álbuns, Sandy mostraria também seu talento como compositora, assinando a letra da faixa-título; enquanto seu irmão estreou como guitarrista, além de vocalista. O trabalho seguinte, Sandy & Junior (2001) também alcançou vendagem de gente grande: 1,5 milhão de cópias. A dupla Sandy & Junior seguiu uma linha musical mais próxima do pop do que das baladas sertanejas dos pais e avós; eles ocupam a 14ª posição entre os recordistas de vendagens, com 17 milhões. Depois de 17 anos de carreira, e centenas de shows (inclusive um no estádio do Maracanã, para 70 mil pessoas) os irmãos se separaram em 2007. Junior Lima seguiu um caminho que o aproxima da música eletrônica, participando do grupo Dexterz. Já Sandy continua fazendo música pop: o seu último trabalho é o álbum Sim (2013).

356x237

Sandy & Junior

Os irmãos Sandy Leah Lima e Durval Lima Junior carregam música nas veias. Filhos do cantor sertanejo Xororó, da dupla Chitãozinho e Xororó, netos da dupla sertaneja Zé do Rancho e Mariazinha (seus avós maternos), os dois começaram cedo na vida artística. A primeira apresentação pública aconteceu em 1989, no programa Som Brasil, quando Sandy tinha 6, e Junior 5 anos. O sucesso também chegou cedo. O primeiro álbum da dupla, Aniversário do Tatu (1991), vendeu mais de 300 mil cópias, um fenômeno para artistas não apenas iniciantes, mas com menos de dez anos de idade! Os trabalhos seguintes seguiram vendendo bem, com destaque para As Quatro Estações (1999), que alcançaria a marca de 2,5 milhões de cópias vendidas. No ano seguinte, a versão gravada ao vivo do mesmo disco conseguiria superar o recorde do anterior: 2,7 milhões. Nesses álbuns, Sandy mostraria também seu talento como compositora, assinando a letra da faixa-título; enquanto seu irmão estreou como guitarrista, além de vocalista. O trabalho seguinte, Sandy & Junior (2001) também alcançou vendagem de gente grande: 1,5 milhão de cópias. A dupla Sandy & Junior seguiu uma linha musical mais próxima do pop do que das baladas sertanejas dos pais e avós; eles ocupam a 14ª posição entre os recordistas de vendagens, com 17 milhões. Depois de 17 anos de carreira, e centenas de shows (inclusive um no estádio do Maracanã, para 70 mil pessoas) os irmãos se separaram em 2007. Junior Lima seguiu um caminho que o aproxima da música eletrônica, participando do grupo Dexterz. Já Sandy continua fazendo música pop: o seu último trabalho é o álbum Sim (2013).

Sobre Sandy & Junior

Os irmãos Sandy Leah Lima e Durval Lima Junior carregam música nas veias. Filhos do cantor sertanejo Xororó, da dupla Chitãozinho e Xororó, netos da dupla sertaneja Zé do Rancho e Mariazinha (seus avós maternos), os dois começaram cedo na vida artística. A primeira apresentação pública aconteceu em 1989, no programa Som Brasil, quando Sandy tinha 6, e Junior 5 anos. O sucesso também chegou cedo. O primeiro álbum da dupla, Aniversário do Tatu (1991), vendeu mais de 300 mil cópias, um fenômeno para artistas não apenas iniciantes, mas com menos de dez anos de idade! Os trabalhos seguintes seguiram vendendo bem, com destaque para As Quatro Estações (1999), que alcançaria a marca de 2,5 milhões de cópias vendidas. No ano seguinte, a versão gravada ao vivo do mesmo disco conseguiria superar o recorde do anterior: 2,7 milhões. Nesses álbuns, Sandy mostraria também seu talento como compositora, assinando a letra da faixa-título; enquanto seu irmão estreou como guitarrista, além de vocalista. O trabalho seguinte, Sandy & Junior (2001) também alcançou vendagem de gente grande: 1,5 milhão de cópias. A dupla Sandy & Junior seguiu uma linha musical mais próxima do pop do que das baladas sertanejas dos pais e avós; eles ocupam a 14ª posição entre os recordistas de vendagens, com 17 milhões. Depois de 17 anos de carreira, e centenas de shows (inclusive um no estádio do Maracanã, para 70 mil pessoas) os irmãos se separaram em 2007. Junior Lima seguiu um caminho que o aproxima da música eletrônica, participando do grupo Dexterz. Já Sandy continua fazendo música pop: o seu último trabalho é o álbum Sim (2013).

Sobre Sandy & Junior

Os irmãos Sandy Leah Lima e Durval Lima Junior carregam música nas veias. Filhos do cantor sertanejo Xororó, da dupla Chitãozinho e Xororó, netos da dupla sertaneja Zé do Rancho e Mariazinha (seus avós maternos), os dois começaram cedo na vida artística. A primeira apresentação pública aconteceu em 1989, no programa Som Brasil, quando Sandy tinha 6, e Junior 5 anos. O sucesso também chegou cedo. O primeiro álbum da dupla, Aniversário do Tatu (1991), vendeu mais de 300 mil cópias, um fenômeno para artistas não apenas iniciantes, mas com menos de dez anos de idade! Os trabalhos seguintes seguiram vendendo bem, com destaque para As Quatro Estações (1999), que alcançaria a marca de 2,5 milhões de cópias vendidas. No ano seguinte, a versão gravada ao vivo do mesmo disco conseguiria superar o recorde do anterior: 2,7 milhões. Nesses álbuns, Sandy mostraria também seu talento como compositora, assinando a letra da faixa-título; enquanto seu irmão estreou como guitarrista, além de vocalista. O trabalho seguinte, Sandy & Junior (2001) também alcançou vendagem de gente grande: 1,5 milhão de cópias. A dupla Sandy & Junior seguiu uma linha musical mais próxima do pop do que das baladas sertanejas dos pais e avós; eles ocupam a 14ª posição entre os recordistas de vendagens, com 17 milhões. Depois de 17 anos de carreira, e centenas de shows (inclusive um no estádio do Maracanã, para 70 mil pessoas) os irmãos se separaram em 2007. Junior Lima seguiu um caminho que o aproxima da música eletrônica, participando do grupo Dexterz. Já Sandy continua fazendo música pop: o seu último trabalho é o álbum Sim (2013).

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.