356x237

Artista

Rico Dalasam

Sobre Rico Dalasam

O paulista Rico Dalasam começou a chamar a atenção em 2014, como um dos primeiros rappers no Brasil a assumir sua homossexualidade. Na música “Aceite-C”, ele usou um trecho de “O Mais Belo dos Belos”, de Daniela Mercury, e arrancou elogios da cantora. Também foi bem recebido por Caetano Veloso, Gilberto Gil e pelos seus pares do hip hop de São Paulo. Com o EP Modo Diverso (2015), rodou por festivais pelo Brasil e chegou a fazer apresentações fora do país. No trabalho, constam as faixas “Deixa” e “Riquíssima”. Meses mais tarde, o MC soltou o single “Paz, Coroas e Tronos”. Em 2016, o remix de “Riquíssima” antecipou seu primeiro álbum, batizado de Orgunga. O neologismo foi criado por Dalasam a partir das palavras “orgulho”, “negro” e “gay” e o registro traz oito faixas, incluindo a já conhecida de seu público “Esse Close Eu Dei".

356x237

Rico Dalasam

O paulista Rico Dalasam começou a chamar a atenção em 2014, como um dos primeiros rappers no Brasil a assumir sua homossexualidade. Na música “Aceite-C”, ele usou um trecho de “O Mais Belo dos Belos”, de Daniela Mercury, e arrancou elogios da cantora. Também foi bem recebido por Caetano Veloso, Gilberto Gil e pelos seus pares do hip hop de São Paulo. Com o EP Modo Diverso (2015), rodou por festivais pelo Brasil e chegou a fazer apresentações fora do país. No trabalho, constam as faixas “Deixa” e “Riquíssima”. Meses mais tarde, o MC soltou o single “Paz, Coroas e Tronos”. Em 2016, o remix de “Riquíssima” antecipou seu primeiro álbum, batizado de Orgunga. O neologismo foi criado por Dalasam a partir das palavras “orgulho”, “negro” e “gay” e o registro traz oito faixas, incluindo a já conhecida de seu público “Esse Close Eu Dei".

Sobre Rico Dalasam

O paulista Rico Dalasam começou a chamar a atenção em 2014, como um dos primeiros rappers no Brasil a assumir sua homossexualidade. Na música “Aceite-C”, ele usou um trecho de “O Mais Belo dos Belos”, de Daniela Mercury, e arrancou elogios da cantora. Também foi bem recebido por Caetano Veloso, Gilberto Gil e pelos seus pares do hip hop de São Paulo. Com o EP Modo Diverso (2015), rodou por festivais pelo Brasil e chegou a fazer apresentações fora do país. No trabalho, constam as faixas “Deixa” e “Riquíssima”. Meses mais tarde, o MC soltou o single “Paz, Coroas e Tronos”. Em 2016, o remix de “Riquíssima” antecipou seu primeiro álbum, batizado de Orgunga. O neologismo foi criado por Dalasam a partir das palavras “orgulho”, “negro” e “gay” e o registro traz oito faixas, incluindo a já conhecida de seu público “Esse Close Eu Dei".

Sobre Rico Dalasam

O paulista Rico Dalasam começou a chamar a atenção em 2014, como um dos primeiros rappers no Brasil a assumir sua homossexualidade. Na música “Aceite-C”, ele usou um trecho de “O Mais Belo dos Belos”, de Daniela Mercury, e arrancou elogios da cantora. Também foi bem recebido por Caetano Veloso, Gilberto Gil e pelos seus pares do hip hop de São Paulo. Com o EP Modo Diverso (2015), rodou por festivais pelo Brasil e chegou a fazer apresentações fora do país. No trabalho, constam as faixas “Deixa” e “Riquíssima”. Meses mais tarde, o MC soltou o single “Paz, Coroas e Tronos”. Em 2016, o remix de “Riquíssima” antecipou seu primeiro álbum, batizado de Orgunga. O neologismo foi criado por Dalasam a partir das palavras “orgulho”, “negro” e “gay” e o registro traz oito faixas, incluindo a já conhecida de seu público “Esse Close Eu Dei".

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.