356x237

Artista

Ratos De Porão

Sobre Ratos De Porão

Formado em 1981, durante a eclosão do movimento punk paulista, o Ratos de Porão é um dos pioneiros do estilo no país e um de nossos grupos de rock mais conhecidos no exterior. Criada pelo guitarrista e vocalista João Carlos Esteves (Jão), o baixista Jarbas Alves (Jabá) e o baterista Roberto Massetti (Betinho), a banda participou do emblemático festival O Começo do Fim do Mundo, em 1982. No ano seguinte, com a entrada de Mingau (atual Ultraje a Rigor) na guitarra, o quarteto realizou sua primeira gravação na coletânea SUB. Ainda em 1983, João Gordo assumiu os vocais da formação e em 1984 chegou ao mercado Crucificados Pelo Sistema, trabalho pioneiro de punk-hardcore na América Latina. A partir de Descanse em Paz, de 1986, o death metal passa a fazer parte da sonoridade crossover do Ratos de Porão. Com participações em coletâneas e distribuição de seus álbuns no exterior, o grupo realizou diversos shows na Europa, tornando-se uma referência na mescla de punk hardcore e metal – boa parte da trajetória do grupo foi resumida no documentário Guidable – A Verdadeira História do Ratos de Porão, filmado entre 2006 e 2007. Em 2014, após oito anos sem gravar, o Ratos do Porão lançou Século Sinistro.

356x237

Ratos De Porão

Formado em 1981, durante a eclosão do movimento punk paulista, o Ratos de Porão é um dos pioneiros do estilo no país e um de nossos grupos de rock mais conhecidos no exterior. Criada pelo guitarrista e vocalista João Carlos Esteves (Jão), o baixista Jarbas Alves (Jabá) e o baterista Roberto Massetti (Betinho), a banda participou do emblemático festival O Começo do Fim do Mundo, em 1982. No ano seguinte, com a entrada de Mingau (atual Ultraje a Rigor) na guitarra, o quarteto realizou sua primeira gravação na coletânea SUB. Ainda em 1983, João Gordo assumiu os vocais da formação e em 1984 chegou ao mercado Crucificados Pelo Sistema, trabalho pioneiro de punk-hardcore na América Latina. A partir de Descanse em Paz, de 1986, o death metal passa a fazer parte da sonoridade crossover do Ratos de Porão. Com participações em coletâneas e distribuição de seus álbuns no exterior, o grupo realizou diversos shows na Europa, tornando-se uma referência na mescla de punk hardcore e metal – boa parte da trajetória do grupo foi resumida no documentário Guidable – A Verdadeira História do Ratos de Porão, filmado entre 2006 e 2007. Em 2014, após oito anos sem gravar, o Ratos do Porão lançou Século Sinistro.

Sobre Ratos De Porão

Formado em 1981, durante a eclosão do movimento punk paulista, o Ratos de Porão é um dos pioneiros do estilo no país e um de nossos grupos de rock mais conhecidos no exterior. Criada pelo guitarrista e vocalista João Carlos Esteves (Jão), o baixista Jarbas Alves (Jabá) e o baterista Roberto Massetti (Betinho), a banda participou do emblemático festival O Começo do Fim do Mundo, em 1982. No ano seguinte, com a entrada de Mingau (atual Ultraje a Rigor) na guitarra, o quarteto realizou sua primeira gravação na coletânea SUB. Ainda em 1983, João Gordo assumiu os vocais da formação e em 1984 chegou ao mercado Crucificados Pelo Sistema, trabalho pioneiro de punk-hardcore na América Latina. A partir de Descanse em Paz, de 1986, o death metal passa a fazer parte da sonoridade crossover do Ratos de Porão. Com participações em coletâneas e distribuição de seus álbuns no exterior, o grupo realizou diversos shows na Europa, tornando-se uma referência na mescla de punk hardcore e metal – boa parte da trajetória do grupo foi resumida no documentário Guidable – A Verdadeira História do Ratos de Porão, filmado entre 2006 e 2007. Em 2014, após oito anos sem gravar, o Ratos do Porão lançou Século Sinistro.

Sobre Ratos De Porão

Formado em 1981, durante a eclosão do movimento punk paulista, o Ratos de Porão é um dos pioneiros do estilo no país e um de nossos grupos de rock mais conhecidos no exterior. Criada pelo guitarrista e vocalista João Carlos Esteves (Jão), o baixista Jarbas Alves (Jabá) e o baterista Roberto Massetti (Betinho), a banda participou do emblemático festival O Começo do Fim do Mundo, em 1982. No ano seguinte, com a entrada de Mingau (atual Ultraje a Rigor) na guitarra, o quarteto realizou sua primeira gravação na coletânea SUB. Ainda em 1983, João Gordo assumiu os vocais da formação e em 1984 chegou ao mercado Crucificados Pelo Sistema, trabalho pioneiro de punk-hardcore na América Latina. A partir de Descanse em Paz, de 1986, o death metal passa a fazer parte da sonoridade crossover do Ratos de Porão. Com participações em coletâneas e distribuição de seus álbuns no exterior, o grupo realizou diversos shows na Europa, tornando-se uma referência na mescla de punk hardcore e metal – boa parte da trajetória do grupo foi resumida no documentário Guidable – A Verdadeira História do Ratos de Porão, filmado entre 2006 e 2007. Em 2014, após oito anos sem gravar, o Ratos do Porão lançou Século Sinistro.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.