356x237

Artista

Radiohead

Sobre Radiohead

OK Computer, álbum de 1997 do quinteto inglês Radiohead, foi celebrado como um dos melhores trabalhos de rock da década e ponto de inflexão na música pop. Formada em 1985 por Thom Yorke (vocais), Jonny Greenwood e Ed O’Brien (guitarras), Colin Greenwood (baixo) e Phil Selway (bateria), a banda de Oxforshire já dava mostras nos dois primeiros álbuns – Pablo Honey (1993) e The Bends (1995) – de que não poderia ser rotulada facilmente. Basta ouvir as canções “Creep”, “Just” e “High and Dry”, uma mistura de finas harmonias e pesados arranjos. OK Computer somou a essa fórmula o experimentalismo (com sons ambientes e eletrônicos) e rock progressivo. As letras retratam a angústia do fim do século, caso de “No Surprises”, “Airbag” e “Fitter Happier”. Depois, o Radiohead iria ainda mais fundo no experimentalismo sonoro, em álbuns como Kid A e Amnesiac. Em 2011 saiu o oitavo álbum, King of Limbs, que mais uma vez surpreendeu: em vez de gravar os instrumentos, a banda optou por investir em samples nas canções.

356x237

Radiohead

OK Computer, álbum de 1997 do quinteto inglês Radiohead, foi celebrado como um dos melhores trabalhos de rock da década e ponto de inflexão na música pop. Formada em 1985 por Thom Yorke (vocais), Jonny Greenwood e Ed O’Brien (guitarras), Colin Greenwood (baixo) e Phil Selway (bateria), a banda de Oxforshire já dava mostras nos dois primeiros álbuns – Pablo Honey (1993) e The Bends (1995) – de que não poderia ser rotulada facilmente. Basta ouvir as canções “Creep”, “Just” e “High and Dry”, uma mistura de finas harmonias e pesados arranjos. OK Computer somou a essa fórmula o experimentalismo (com sons ambientes e eletrônicos) e rock progressivo. As letras retratam a angústia do fim do século, caso de “No Surprises”, “Airbag” e “Fitter Happier”. Depois, o Radiohead iria ainda mais fundo no experimentalismo sonoro, em álbuns como Kid A e Amnesiac. Em 2011 saiu o oitavo álbum, King of Limbs, que mais uma vez surpreendeu: em vez de gravar os instrumentos, a banda optou por investir em samples nas canções.

Sobre Radiohead

OK Computer, álbum de 1997 do quinteto inglês Radiohead, foi celebrado como um dos melhores trabalhos de rock da década e ponto de inflexão na música pop. Formada em 1985 por Thom Yorke (vocais), Jonny Greenwood e Ed O’Brien (guitarras), Colin Greenwood (baixo) e Phil Selway (bateria), a banda de Oxforshire já dava mostras nos dois primeiros álbuns – Pablo Honey (1993) e The Bends (1995) – de que não poderia ser rotulada facilmente. Basta ouvir as canções “Creep”, “Just” e “High and Dry”, uma mistura de finas harmonias e pesados arranjos. OK Computer somou a essa fórmula o experimentalismo (com sons ambientes e eletrônicos) e rock progressivo. As letras retratam a angústia do fim do século, caso de “No Surprises”, “Airbag” e “Fitter Happier”. Depois, o Radiohead iria ainda mais fundo no experimentalismo sonoro, em álbuns como Kid A e Amnesiac. Em 2011 saiu o oitavo álbum, King of Limbs, que mais uma vez surpreendeu: em vez de gravar os instrumentos, a banda optou por investir em samples nas canções.

Sobre Radiohead

OK Computer, álbum de 1997 do quinteto inglês Radiohead, foi celebrado como um dos melhores trabalhos de rock da década e ponto de inflexão na música pop. Formada em 1985 por Thom Yorke (vocais), Jonny Greenwood e Ed O’Brien (guitarras), Colin Greenwood (baixo) e Phil Selway (bateria), a banda de Oxforshire já dava mostras nos dois primeiros álbuns – Pablo Honey (1993) e The Bends (1995) – de que não poderia ser rotulada facilmente. Basta ouvir as canções “Creep”, “Just” e “High and Dry”, uma mistura de finas harmonias e pesados arranjos. OK Computer somou a essa fórmula o experimentalismo (com sons ambientes e eletrônicos) e rock progressivo. As letras retratam a angústia do fim do século, caso de “No Surprises”, “Airbag” e “Fitter Happier”. Depois, o Radiohead iria ainda mais fundo no experimentalismo sonoro, em álbuns como Kid A e Amnesiac. Em 2011 saiu o oitavo álbum, King of Limbs, que mais uma vez surpreendeu: em vez de gravar os instrumentos, a banda optou por investir em samples nas canções.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.