356x237

Artista

Paulo Moura

Sobre Paulo Moura

Considerado um dos principais nomes da música instrumental do Brasil, Paulo Moura começou sua carreira com apresentações em gafieiras e cafés da praça Tiradentes. Com apenas 20 anos, acompanha a turnê de Ary Barroso no México e, três anos depois, grava seu primeiro disco como solista. Trabalhou com uma extensa lista de artistas, incluindo Maysa, Dolores Duran, Altamiro Carrilho e Olivia Byington. Em 1988, compõe ‘Concerto da Abolição’, que apresenta junto à Orquestra Sinfônica de Brasília. Em sua extensa carreira, ganhou diversos prêmios, incluindo o Prêmio Sharp, Grammy Latino e, postumamente, o Prêmio da Música Brasileira.

356x237

Paulo Moura

Considerado um dos principais nomes da música instrumental do Brasil, Paulo Moura começou sua carreira com apresentações em gafieiras e cafés da praça Tiradentes. Com apenas 20 anos, acompanha a turnê de Ary Barroso no México e, três anos depois, grava seu primeiro disco como solista. Trabalhou com uma extensa lista de artistas, incluindo Maysa, Dolores Duran, Altamiro Carrilho e Olivia Byington. Em 1988, compõe ‘Concerto da Abolição’, que apresenta junto à Orquestra Sinfônica de Brasília. Em sua extensa carreira, ganhou diversos prêmios, incluindo o Prêmio Sharp, Grammy Latino e, postumamente, o Prêmio da Música Brasileira.

Sobre Paulo Moura

Considerado um dos principais nomes da música instrumental do Brasil, Paulo Moura começou sua carreira com apresentações em gafieiras e cafés da praça Tiradentes. Com apenas 20 anos, acompanha a turnê de Ary Barroso no México e, três anos depois, grava seu primeiro disco como solista. Trabalhou com uma extensa lista de artistas, incluindo Maysa, Dolores Duran, Altamiro Carrilho e Olivia Byington. Em 1988, compõe ‘Concerto da Abolição’, que apresenta junto à Orquestra Sinfônica de Brasília. Em sua extensa carreira, ganhou diversos prêmios, incluindo o Prêmio Sharp, Grammy Latino e, postumamente, o Prêmio da Música Brasileira.

Sobre Paulo Moura

Considerado um dos principais nomes da música instrumental do Brasil, Paulo Moura começou sua carreira com apresentações em gafieiras e cafés da praça Tiradentes. Com apenas 20 anos, acompanha a turnê de Ary Barroso no México e, três anos depois, grava seu primeiro disco como solista. Trabalhou com uma extensa lista de artistas, incluindo Maysa, Dolores Duran, Altamiro Carrilho e Olivia Byington. Em 1988, compõe ‘Concerto da Abolição’, que apresenta junto à Orquestra Sinfônica de Brasília. Em sua extensa carreira, ganhou diversos prêmios, incluindo o Prêmio Sharp, Grammy Latino e, postumamente, o Prêmio da Música Brasileira.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.