356x237

Artista

Paulo Miklos

Sobre Paulo Miklos

Nos anos 1980, Paulo Miklos começou sua carreira como guitarrista e vocalista dos Titãs. Ao lado de Arnaldo Antunes, Nando Reis, Charles Gavin, Marcelo Fromer, Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Bellotto, formou uma das bandas mais importantes do rock nacional. O grupo alcançou o estrelato com álbuns como Cabeça Dinossauro (1986), Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (1988) e Õ Blésq Blom (1989). Em 1997, Titãs Acústico MTV reuniu sucessos como “Comida”, “Bichos Escrotos”, “Polícia” e “Televisão”. Ao longo da trajetória, Paulo Miklos ensaiou os primeiros passos para mostrar seu trabalho individual e mais autoral: lançou em 1994 o álbum batizado com seu nome e, em 2001, Vou Ser Feliz e Já Volto. O artista enveredou também pelo cinema, atuando nos filmes O Invasor (2001) e Estômago (2007). Em 2016, Beto Lee assumiu o posto de Paulo Miklos nos Titãs, e o guitarrista anunciou que se dedicaria à carreira solo. Na nova etapa, buscou se reafirmar como cantor e lançou em 2017 A Gente Mora no Agora, com composições com influências de diferentes ritmos brasileiros. O primeiro single divulgado, "A Lei Desse Troço", é uma parceria com Emicida. O trabalho conta com a colaboração ainda de nomes como Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Mallu Magalhães e os também ex-Titãs Nando Reis e Arnaldo Antunes.

356x237

Paulo Miklos

Nos anos 1980, Paulo Miklos começou sua carreira como guitarrista e vocalista dos Titãs. Ao lado de Arnaldo Antunes, Nando Reis, Charles Gavin, Marcelo Fromer, Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Bellotto, formou uma das bandas mais importantes do rock nacional. O grupo alcançou o estrelato com álbuns como Cabeça Dinossauro (1986), Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (1988) e Õ Blésq Blom (1989). Em 1997, Titãs Acústico MTV reuniu sucessos como “Comida”, “Bichos Escrotos”, “Polícia” e “Televisão”. Ao longo da trajetória, Paulo Miklos ensaiou os primeiros passos para mostrar seu trabalho individual e mais autoral: lançou em 1994 o álbum batizado com seu nome e, em 2001, Vou Ser Feliz e Já Volto. O artista enveredou também pelo cinema, atuando nos filmes O Invasor (2001) e Estômago (2007). Em 2016, Beto Lee assumiu o posto de Paulo Miklos nos Titãs, e o guitarrista anunciou que se dedicaria à carreira solo. Na nova etapa, buscou se reafirmar como cantor e lançou em 2017 A Gente Mora no Agora, com composições com influências de diferentes ritmos brasileiros. O primeiro single divulgado, "A Lei Desse Troço", é uma parceria com Emicida. O trabalho conta com a colaboração ainda de nomes como Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Mallu Magalhães e os também ex-Titãs Nando Reis e Arnaldo Antunes.

Sobre Paulo Miklos

Nos anos 1980, Paulo Miklos começou sua carreira como guitarrista e vocalista dos Titãs. Ao lado de Arnaldo Antunes, Nando Reis, Charles Gavin, Marcelo Fromer, Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Bellotto, formou uma das bandas mais importantes do rock nacional. O grupo alcançou o estrelato com álbuns como Cabeça Dinossauro (1986), Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (1988) e Õ Blésq Blom (1989). Em 1997, Titãs Acústico MTV reuniu sucessos como “Comida”, “Bichos Escrotos”, “Polícia” e “Televisão”. Ao longo da trajetória, Paulo Miklos ensaiou os primeiros passos para mostrar seu trabalho individual e mais autoral: lançou em 1994 o álbum batizado com seu nome e, em 2001, Vou Ser Feliz e Já Volto. O artista enveredou também pelo cinema, atuando nos filmes O Invasor (2001) e Estômago (2007). Em 2016, Beto Lee assumiu o posto de Paulo Miklos nos Titãs, e o guitarrista anunciou que se dedicaria à carreira solo. Na nova etapa, buscou se reafirmar como cantor e lançou em 2017 A Gente Mora no Agora, com composições com influências de diferentes ritmos brasileiros. O primeiro single divulgado, "A Lei Desse Troço", é uma parceria com Emicida. O trabalho conta com a colaboração ainda de nomes como Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Mallu Magalhães e os também ex-Titãs Nando Reis e Arnaldo Antunes.

Sobre Paulo Miklos

Nos anos 1980, Paulo Miklos começou sua carreira como guitarrista e vocalista dos Titãs. Ao lado de Arnaldo Antunes, Nando Reis, Charles Gavin, Marcelo Fromer, Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Bellotto, formou uma das bandas mais importantes do rock nacional. O grupo alcançou o estrelato com álbuns como Cabeça Dinossauro (1986), Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (1988) e Õ Blésq Blom (1989). Em 1997, Titãs Acústico MTV reuniu sucessos como “Comida”, “Bichos Escrotos”, “Polícia” e “Televisão”. Ao longo da trajetória, Paulo Miklos ensaiou os primeiros passos para mostrar seu trabalho individual e mais autoral: lançou em 1994 o álbum batizado com seu nome e, em 2001, Vou Ser Feliz e Já Volto. O artista enveredou também pelo cinema, atuando nos filmes O Invasor (2001) e Estômago (2007). Em 2016, Beto Lee assumiu o posto de Paulo Miklos nos Titãs, e o guitarrista anunciou que se dedicaria à carreira solo. Na nova etapa, buscou se reafirmar como cantor e lançou em 2017 A Gente Mora no Agora, com composições com influências de diferentes ritmos brasileiros. O primeiro single divulgado, "A Lei Desse Troço", é uma parceria com Emicida. O trabalho conta com a colaboração ainda de nomes como Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Mallu Magalhães e os também ex-Titãs Nando Reis e Arnaldo Antunes.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.