356x237

Artista

Patricia Marx

Sobre Patricia Marx

Cantora paulista que une o eletrônico e o soul a uma MPB mais suave, Patrícia Marques de Azevedo ficou conhecida na infância como integrante do grupo Trem da Alegria, no qual foi vocalista de 1984 a 1987. Dona de uma carreira eclética, em 1989 ela apareceu com o álbum Patrícia, puxado pelas faixas pop rock “Certo ou Errado” e “É Tempo de Amar”. Em 1992, foi a vez de Neoclássico, com canções de bossa nova e samba, lançado somente no Japão. No começo dos anos 1990, então sob o selo Lux, de Nelson Motta, ela gravou três álbuns, entre os quais o dançante Ficar com Você, que chegou ao mercado em 1994. No período que viveu em Londres com o marido e produtor musical Bruno E., entre 2002 e 2003, a cantora se apresentou em Paris, Roma, Amsterdã e Berlim e aproveitou para investir na música eletrônica, marca do trabalho Patrícia Marx, de 2005. A compilação Trinta, feita para celebrar as três décadas de carreira, saiu em 2013 e traz regravações de seus maiores sucessos. Ainda na linha de retrospectiva, em 2014 ela anunciou a produção de uma série de quatro EPs, o primeiro deles Te Cuida Meu Bem - Sextape, Pt. 1, divulgado no mesmo ano.

Artistas semelhantes

Angélica, Kátia, Luiza Possi, Marina Elali, Sandy, Simony

356x237

Patricia Marx

Cantora paulista que une o eletrônico e o soul a uma MPB mais suave, Patrícia Marques de Azevedo ficou conhecida na infância como integrante do grupo Trem da Alegria, no qual foi vocalista de 1984 a 1987. Dona de uma carreira eclética, em 1989 ela apareceu com o álbum Patrícia, puxado pelas faixas pop rock “Certo ou Errado” e “É Tempo de Amar”. Em 1992, foi a vez de Neoclássico, com canções de bossa nova e samba, lançado somente no Japão. No começo dos anos 1990, então sob o selo Lux, de Nelson Motta, ela gravou três álbuns, entre os quais o dançante Ficar com Você, que chegou ao mercado em 1994. No período que viveu em Londres com o marido e produtor musical Bruno E., entre 2002 e 2003, a cantora se apresentou em Paris, Roma, Amsterdã e Berlim e aproveitou para investir na música eletrônica, marca do trabalho Patrícia Marx, de 2005. A compilação Trinta, feita para celebrar as três décadas de carreira, saiu em 2013 e traz regravações de seus maiores sucessos. Ainda na linha de retrospectiva, em 2014 ela anunciou a produção de uma série de quatro EPs, o primeiro deles Te Cuida Meu Bem - Sextape, Pt. 1, divulgado no mesmo ano.

Sobre Patricia Marx

Cantora paulista que une o eletrônico e o soul a uma MPB mais suave, Patrícia Marques de Azevedo ficou conhecida na infância como integrante do grupo Trem da Alegria, no qual foi vocalista de 1984 a 1987. Dona de uma carreira eclética, em 1989 ela apareceu com o álbum Patrícia, puxado pelas faixas pop rock “Certo ou Errado” e “É Tempo de Amar”. Em 1992, foi a vez de Neoclássico, com canções de bossa nova e samba, lançado somente no Japão. No começo dos anos 1990, então sob o selo Lux, de Nelson Motta, ela gravou três álbuns, entre os quais o dançante Ficar com Você, que chegou ao mercado em 1994. No período que viveu em Londres com o marido e produtor musical Bruno E., entre 2002 e 2003, a cantora se apresentou em Paris, Roma, Amsterdã e Berlim e aproveitou para investir na música eletrônica, marca do trabalho Patrícia Marx, de 2005. A compilação Trinta, feita para celebrar as três décadas de carreira, saiu em 2013 e traz regravações de seus maiores sucessos. Ainda na linha de retrospectiva, em 2014 ela anunciou a produção de uma série de quatro EPs, o primeiro deles Te Cuida Meu Bem - Sextape, Pt. 1, divulgado no mesmo ano.

Artistas semelhantes

Sobre Patricia Marx

Cantora paulista que une o eletrônico e o soul a uma MPB mais suave, Patrícia Marques de Azevedo ficou conhecida na infância como integrante do grupo Trem da Alegria, no qual foi vocalista de 1984 a 1987. Dona de uma carreira eclética, em 1989 ela apareceu com o álbum Patrícia, puxado pelas faixas pop rock “Certo ou Errado” e “É Tempo de Amar”. Em 1992, foi a vez de Neoclássico, com canções de bossa nova e samba, lançado somente no Japão. No começo dos anos 1990, então sob o selo Lux, de Nelson Motta, ela gravou três álbuns, entre os quais o dançante Ficar com Você, que chegou ao mercado em 1994. No período que viveu em Londres com o marido e produtor musical Bruno E., entre 2002 e 2003, a cantora se apresentou em Paris, Roma, Amsterdã e Berlim e aproveitou para investir na música eletrônica, marca do trabalho Patrícia Marx, de 2005. A compilação Trinta, feita para celebrar as três décadas de carreira, saiu em 2013 e traz regravações de seus maiores sucessos. Ainda na linha de retrospectiva, em 2014 ela anunciou a produção de uma série de quatro EPs, o primeiro deles Te Cuida Meu Bem - Sextape, Pt. 1, divulgado no mesmo ano.

Artistas semelhantes

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.