356x237

Artista

O Terço

Sobre O Terço

Uma das formações de rock nacional há mais tempo em atividade, o Terço é considerado um dos principais nomes do rock progressivo no país. Para além de rótulos, porém, o grupo transitou pela psicodelia, rock rural e até pela MPB, servindo de banda de apoio para Marcos Valle e Sá & Guarabyra. Formada em 1968, no Rio de Janeiro, por Jorge Amiden (guitarra), Sérgio Hinds (baixo) e Vinícius Cantuária (bateria), a banda lançou o primeiro álbum, homônimo, em 1970. Com saída de Amiden, Hinds assumiu a liderança e o grupo se aprofundou na sonoridade progressiva. Em 1975, O Terço gravou – já com o tecladista Flávio Venturini e o baixista Sérgio Magrão – o seu registro mais famoso, Criaturas da Noite, que trouxe o hit “Hey Amigo”. No ano seguinte, veio outro trabalho considerado clássico, Casa Encantada. Desgastes com a gravadora e a partida de Venturini e Magrão (que fundaram o 14 Bis) precipitaram a dissolução da banda em 1978, reatada em 1982 por Sérgio Hinds. Da nova fase, um dos registros de maior destaque foi Tributo a Raul Seixas, lançado em 1999. O conjunto segue fazendo apresentações e em 2013 soltou o álbum/DVD O Terço em 3D.

356x237

O Terço

Uma das formações de rock nacional há mais tempo em atividade, o Terço é considerado um dos principais nomes do rock progressivo no país. Para além de rótulos, porém, o grupo transitou pela psicodelia, rock rural e até pela MPB, servindo de banda de apoio para Marcos Valle e Sá & Guarabyra. Formada em 1968, no Rio de Janeiro, por Jorge Amiden (guitarra), Sérgio Hinds (baixo) e Vinícius Cantuária (bateria), a banda lançou o primeiro álbum, homônimo, em 1970. Com saída de Amiden, Hinds assumiu a liderança e o grupo se aprofundou na sonoridade progressiva. Em 1975, O Terço gravou – já com o tecladista Flávio Venturini e o baixista Sérgio Magrão – o seu registro mais famoso, Criaturas da Noite, que trouxe o hit “Hey Amigo”. No ano seguinte, veio outro trabalho considerado clássico, Casa Encantada. Desgastes com a gravadora e a partida de Venturini e Magrão (que fundaram o 14 Bis) precipitaram a dissolução da banda em 1978, reatada em 1982 por Sérgio Hinds. Da nova fase, um dos registros de maior destaque foi Tributo a Raul Seixas, lançado em 1999. O conjunto segue fazendo apresentações e em 2013 soltou o álbum/DVD O Terço em 3D.

Sobre O Terço

Uma das formações de rock nacional há mais tempo em atividade, o Terço é considerado um dos principais nomes do rock progressivo no país. Para além de rótulos, porém, o grupo transitou pela psicodelia, rock rural e até pela MPB, servindo de banda de apoio para Marcos Valle e Sá & Guarabyra. Formada em 1968, no Rio de Janeiro, por Jorge Amiden (guitarra), Sérgio Hinds (baixo) e Vinícius Cantuária (bateria), a banda lançou o primeiro álbum, homônimo, em 1970. Com saída de Amiden, Hinds assumiu a liderança e o grupo se aprofundou na sonoridade progressiva. Em 1975, O Terço gravou – já com o tecladista Flávio Venturini e o baixista Sérgio Magrão – o seu registro mais famoso, Criaturas da Noite, que trouxe o hit “Hey Amigo”. No ano seguinte, veio outro trabalho considerado clássico, Casa Encantada. Desgastes com a gravadora e a partida de Venturini e Magrão (que fundaram o 14 Bis) precipitaram a dissolução da banda em 1978, reatada em 1982 por Sérgio Hinds. Da nova fase, um dos registros de maior destaque foi Tributo a Raul Seixas, lançado em 1999. O conjunto segue fazendo apresentações e em 2013 soltou o álbum/DVD O Terço em 3D.

Sobre O Terço

Uma das formações de rock nacional há mais tempo em atividade, o Terço é considerado um dos principais nomes do rock progressivo no país. Para além de rótulos, porém, o grupo transitou pela psicodelia, rock rural e até pela MPB, servindo de banda de apoio para Marcos Valle e Sá & Guarabyra. Formada em 1968, no Rio de Janeiro, por Jorge Amiden (guitarra), Sérgio Hinds (baixo) e Vinícius Cantuária (bateria), a banda lançou o primeiro álbum, homônimo, em 1970. Com saída de Amiden, Hinds assumiu a liderança e o grupo se aprofundou na sonoridade progressiva. Em 1975, O Terço gravou – já com o tecladista Flávio Venturini e o baixista Sérgio Magrão – o seu registro mais famoso, Criaturas da Noite, que trouxe o hit “Hey Amigo”. No ano seguinte, veio outro trabalho considerado clássico, Casa Encantada. Desgastes com a gravadora e a partida de Venturini e Magrão (que fundaram o 14 Bis) precipitaram a dissolução da banda em 1978, reatada em 1982 por Sérgio Hinds. Da nova fase, um dos registros de maior destaque foi Tributo a Raul Seixas, lançado em 1999. O conjunto segue fazendo apresentações e em 2013 soltou o álbum/DVD O Terço em 3D.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.