356x237

Artista

Ney Matogrosso

Sobre Ney Matogrosso

O cantor que usou o seu estado de origem como sobrenome artístico surgiu para o público em 1973 como vocalista da banda Secos & Molhados. Com figurino extravagante, dança provocativa e uma voz rara, classificada como de contratenor, Ney foi o integrante que mais se destacou após a rápida dissolução do grupo, que chegou a vender 1 milhão de cópias de seu primeiro álbum. Seu primeiro álbum solo, Água do Céu – Pássaro (1975), considerado muito vanguardista, não teve sucesso comercial, mas Bandido (1976) chamou a atenção da crítica e do público pela mescla de ritmos e pelo show, considerado escandaloso na época. Ney seguiria a sua carreira pelas décadas de 1970, 1980 e 1990 com álbuns bem-sucedidos comercialmente como Feitiço (1978) e Um brasileiro (1996) – este só com músicas de Chico Buarque. Em outros discos, ele deixou aflorar sua personalidade contestadora, com escolhas de repertório mais radicais, casos de Sujeito Estranho (1980) e Bugre (1989). Em 2013, Ney comemorou 40 anos de carreira com o álbum Atento aos Sinais.

356x237

Ney Matogrosso

O cantor que usou o seu estado de origem como sobrenome artístico surgiu para o público em 1973 como vocalista da banda Secos & Molhados. Com figurino extravagante, dança provocativa e uma voz rara, classificada como de contratenor, Ney foi o integrante que mais se destacou após a rápida dissolução do grupo, que chegou a vender 1 milhão de cópias de seu primeiro álbum. Seu primeiro álbum solo, Água do Céu – Pássaro (1975), considerado muito vanguardista, não teve sucesso comercial, mas Bandido (1976) chamou a atenção da crítica e do público pela mescla de ritmos e pelo show, considerado escandaloso na época. Ney seguiria a sua carreira pelas décadas de 1970, 1980 e 1990 com álbuns bem-sucedidos comercialmente como Feitiço (1978) e Um brasileiro (1996) – este só com músicas de Chico Buarque. Em outros discos, ele deixou aflorar sua personalidade contestadora, com escolhas de repertório mais radicais, casos de Sujeito Estranho (1980) e Bugre (1989). Em 2013, Ney comemorou 40 anos de carreira com o álbum Atento aos Sinais.

Sobre Ney Matogrosso

O cantor que usou o seu estado de origem como sobrenome artístico surgiu para o público em 1973 como vocalista da banda Secos & Molhados. Com figurino extravagante, dança provocativa e uma voz rara, classificada como de contratenor, Ney foi o integrante que mais se destacou após a rápida dissolução do grupo, que chegou a vender 1 milhão de cópias de seu primeiro álbum. Seu primeiro álbum solo, Água do Céu – Pássaro (1975), considerado muito vanguardista, não teve sucesso comercial, mas Bandido (1976) chamou a atenção da crítica e do público pela mescla de ritmos e pelo show, considerado escandaloso na época. Ney seguiria a sua carreira pelas décadas de 1970, 1980 e 1990 com álbuns bem-sucedidos comercialmente como Feitiço (1978) e Um brasileiro (1996) – este só com músicas de Chico Buarque. Em outros discos, ele deixou aflorar sua personalidade contestadora, com escolhas de repertório mais radicais, casos de Sujeito Estranho (1980) e Bugre (1989). Em 2013, Ney comemorou 40 anos de carreira com o álbum Atento aos Sinais.

Sobre Ney Matogrosso

O cantor que usou o seu estado de origem como sobrenome artístico surgiu para o público em 1973 como vocalista da banda Secos & Molhados. Com figurino extravagante, dança provocativa e uma voz rara, classificada como de contratenor, Ney foi o integrante que mais se destacou após a rápida dissolução do grupo, que chegou a vender 1 milhão de cópias de seu primeiro álbum. Seu primeiro álbum solo, Água do Céu – Pássaro (1975), considerado muito vanguardista, não teve sucesso comercial, mas Bandido (1976) chamou a atenção da crítica e do público pela mescla de ritmos e pelo show, considerado escandaloso na época. Ney seguiria a sua carreira pelas décadas de 1970, 1980 e 1990 com álbuns bem-sucedidos comercialmente como Feitiço (1978) e Um brasileiro (1996) – este só com músicas de Chico Buarque. Em outros discos, ele deixou aflorar sua personalidade contestadora, com escolhas de repertório mais radicais, casos de Sujeito Estranho (1980) e Bugre (1989). Em 2013, Ney comemorou 40 anos de carreira com o álbum Atento aos Sinais.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.