356x237

Artista

Marvin Gaye

Sobre Marvin Gaye

Um dos mais bem-sucedidos artistas da soul music, Marvin Gaye emplacou dezenas de sucessos pela Motown Records, a emblemática gravadora que imperou na década de 1960, ditando modas musicais e comportamentos. Sua carreira foi curta, intensa e trágica: um dia antes de completar 45 anos, foi assassinado pelo próprio pai, um rígido pastor que acumulava um histórico de violência contra o filho. O primeiro dos 29 álbuns gravados na Motown (ou sob o selo acessório Tamla) foi The Soulful Moods of Marvin Gaye (1961), bastante marcado pela influência do jazz. Nos anos 1970, o artista mudaria radicalmente de estilo, passando a abordar temáticas mais complexas, como a Guerra do Vietnã e a ecologia, a partir daquele que é considerado seu trabalho mais importante, What’s Going On (1971). O sucesso do álbum, que mesclava funk, R&B e jazz, renderia um novo contrato com a Motown, que lhe deu liberdade total. O resultado foi mais um registro seminal: Let’s Get It On (1973), que teve na sua faixa-título um dos maiores sucessos de sua carreira. Desgastado com a Motown, viciado em drogas e praticamente falido, o músico mudou de gravadora e em 1982 produziu Midnight Love, com a provocante “Sexual Healing”, que trouxe os dois únicos Grammy de sua vida. Um terceiro Grammy foi entregue a seus descendentes em 1996, como homenagem ao Rei da Soul Music.

356x237

Marvin Gaye

Um dos mais bem-sucedidos artistas da soul music, Marvin Gaye emplacou dezenas de sucessos pela Motown Records, a emblemática gravadora que imperou na década de 1960, ditando modas musicais e comportamentos. Sua carreira foi curta, intensa e trágica: um dia antes de completar 45 anos, foi assassinado pelo próprio pai, um rígido pastor que acumulava um histórico de violência contra o filho. O primeiro dos 29 álbuns gravados na Motown (ou sob o selo acessório Tamla) foi The Soulful Moods of Marvin Gaye (1961), bastante marcado pela influência do jazz. Nos anos 1970, o artista mudaria radicalmente de estilo, passando a abordar temáticas mais complexas, como a Guerra do Vietnã e a ecologia, a partir daquele que é considerado seu trabalho mais importante, What’s Going On (1971). O sucesso do álbum, que mesclava funk, R&B e jazz, renderia um novo contrato com a Motown, que lhe deu liberdade total. O resultado foi mais um registro seminal: Let’s Get It On (1973), que teve na sua faixa-título um dos maiores sucessos de sua carreira. Desgastado com a Motown, viciado em drogas e praticamente falido, o músico mudou de gravadora e em 1982 produziu Midnight Love, com a provocante “Sexual Healing”, que trouxe os dois únicos Grammy de sua vida. Um terceiro Grammy foi entregue a seus descendentes em 1996, como homenagem ao Rei da Soul Music.

Sobre Marvin Gaye

Um dos mais bem-sucedidos artistas da soul music, Marvin Gaye emplacou dezenas de sucessos pela Motown Records, a emblemática gravadora que imperou na década de 1960, ditando modas musicais e comportamentos. Sua carreira foi curta, intensa e trágica: um dia antes de completar 45 anos, foi assassinado pelo próprio pai, um rígido pastor que acumulava um histórico de violência contra o filho. O primeiro dos 29 álbuns gravados na Motown (ou sob o selo acessório Tamla) foi The Soulful Moods of Marvin Gaye (1961), bastante marcado pela influência do jazz. Nos anos 1970, o artista mudaria radicalmente de estilo, passando a abordar temáticas mais complexas, como a Guerra do Vietnã e a ecologia, a partir daquele que é considerado seu trabalho mais importante, What’s Going On (1971). O sucesso do álbum, que mesclava funk, R&B e jazz, renderia um novo contrato com a Motown, que lhe deu liberdade total. O resultado foi mais um registro seminal: Let’s Get It On (1973), que teve na sua faixa-título um dos maiores sucessos de sua carreira. Desgastado com a Motown, viciado em drogas e praticamente falido, o músico mudou de gravadora e em 1982 produziu Midnight Love, com a provocante “Sexual Healing”, que trouxe os dois únicos Grammy de sua vida. Um terceiro Grammy foi entregue a seus descendentes em 1996, como homenagem ao Rei da Soul Music.

Em destaque em Napster

500x500

O Melhor

Love & Relax

Sobre Marvin Gaye

Um dos mais bem-sucedidos artistas da soul music, Marvin Gaye emplacou dezenas de sucessos pela Motown Records, a emblemática gravadora que imperou na década de 1960, ditando modas musicais e comportamentos. Sua carreira foi curta, intensa e trágica: um dia antes de completar 45 anos, foi assassinado pelo próprio pai, um rígido pastor que acumulava um histórico de violência contra o filho. O primeiro dos 29 álbuns gravados na Motown (ou sob o selo acessório Tamla) foi The Soulful Moods of Marvin Gaye (1961), bastante marcado pela influência do jazz. Nos anos 1970, o artista mudaria radicalmente de estilo, passando a abordar temáticas mais complexas, como a Guerra do Vietnã e a ecologia, a partir daquele que é considerado seu trabalho mais importante, What’s Going On (1971). O sucesso do álbum, que mesclava funk, R&B e jazz, renderia um novo contrato com a Motown, que lhe deu liberdade total. O resultado foi mais um registro seminal: Let’s Get It On (1973), que teve na sua faixa-título um dos maiores sucessos de sua carreira. Desgastado com a Motown, viciado em drogas e praticamente falido, o músico mudou de gravadora e em 1982 produziu Midnight Love, com a provocante “Sexual Healing”, que trouxe os dois únicos Grammy de sua vida. Um terceiro Grammy foi entregue a seus descendentes em 1996, como homenagem ao Rei da Soul Music.

Em destaque em Napster

500x500

O Melhor

Love & Relax
Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.