356x237

Artista

Macaco

Sobre Macaco

Liderada por Daniel Carbonell Heras (ou Dani Macaco), a banda foi formada em Barcelona em 1997 e reúne músicos espanhóis e latino-americanos. Logo no primeiro álbum, El Mono en el Ojo del Tigre, de 1999, o grupo mostrou que a mistura de rumba, rock, ska, rap e flamenco falava uma linguagem universal, conquistando prêmios em diferentes países. Nos anos seguintes, Macaco gravou ou se apresentou com artistas como Lenine, David Byrne e Nação Zumbi. Em 2009, chegou ao topo da parada espanhola com o lançamento de Puerto Presente. O oitavo álbum, Historias Tattooadas, de 2015, foi puxado pela faixa “Hijos de un Mismo Dios”.

356x237

Macaco

Liderada por Daniel Carbonell Heras (ou Dani Macaco), a banda foi formada em Barcelona em 1997 e reúne músicos espanhóis e latino-americanos. Logo no primeiro álbum, El Mono en el Ojo del Tigre, de 1999, o grupo mostrou que a mistura de rumba, rock, ska, rap e flamenco falava uma linguagem universal, conquistando prêmios em diferentes países. Nos anos seguintes, Macaco gravou ou se apresentou com artistas como Lenine, David Byrne e Nação Zumbi. Em 2009, chegou ao topo da parada espanhola com o lançamento de Puerto Presente. O oitavo álbum, Historias Tattooadas, de 2015, foi puxado pela faixa “Hijos de un Mismo Dios”.

Sobre Macaco

Liderada por Daniel Carbonell Heras (ou Dani Macaco), a banda foi formada em Barcelona em 1997 e reúne músicos espanhóis e latino-americanos. Logo no primeiro álbum, El Mono en el Ojo del Tigre, de 1999, o grupo mostrou que a mistura de rumba, rock, ska, rap e flamenco falava uma linguagem universal, conquistando prêmios em diferentes países. Nos anos seguintes, Macaco gravou ou se apresentou com artistas como Lenine, David Byrne e Nação Zumbi. Em 2009, chegou ao topo da parada espanhola com o lançamento de Puerto Presente. O oitavo álbum, Historias Tattooadas, de 2015, foi puxado pela faixa “Hijos de un Mismo Dios”.

Sobre Macaco

Liderada por Daniel Carbonell Heras (ou Dani Macaco), a banda foi formada em Barcelona em 1997 e reúne músicos espanhóis e latino-americanos. Logo no primeiro álbum, El Mono en el Ojo del Tigre, de 1999, o grupo mostrou que a mistura de rumba, rock, ska, rap e flamenco falava uma linguagem universal, conquistando prêmios em diferentes países. Nos anos seguintes, Macaco gravou ou se apresentou com artistas como Lenine, David Byrne e Nação Zumbi. Em 2009, chegou ao topo da parada espanhola com o lançamento de Puerto Presente. O oitavo álbum, Historias Tattooadas, de 2015, foi puxado pela faixa “Hijos de un Mismo Dios”.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.