356x237

Artista

Luther Vandross

Sobre Luther Vandross

Até chegar à fama, o americano Luther Ronzoni Vandross Jr. foi backing vocal de nomes como Chaka Khan, Diana Ross e David Bowie, entre outros. A poderosa voz de tenor logo o levou a uma carreira solo. Depois do primeiro álbum, em 1981, Vandross foi figura constante nas paradas dos Estados Unidos, com canções como “For You to Love”, “Any Love”, “Never Too Much” e “I Can Make It Any Better”. Gravou duetos com Mariah Carey (“Endless Love”) e Janet Jackson ("The Best Things in Life Are Free"). Diabético e hipertenso, o cantor morreu de ataque cardíaco em 2005, aos 54 anos.

356x237

Luther Vandross

Até chegar à fama, o americano Luther Ronzoni Vandross Jr. foi backing vocal de nomes como Chaka Khan, Diana Ross e David Bowie, entre outros. A poderosa voz de tenor logo o levou a uma carreira solo. Depois do primeiro álbum, em 1981, Vandross foi figura constante nas paradas dos Estados Unidos, com canções como “For You to Love”, “Any Love”, “Never Too Much” e “I Can Make It Any Better”. Gravou duetos com Mariah Carey (“Endless Love”) e Janet Jackson ("The Best Things in Life Are Free"). Diabético e hipertenso, o cantor morreu de ataque cardíaco em 2005, aos 54 anos.

Sobre Luther Vandross

Até chegar à fama, o americano Luther Ronzoni Vandross Jr. foi backing vocal de nomes como Chaka Khan, Diana Ross e David Bowie, entre outros. A poderosa voz de tenor logo o levou a uma carreira solo. Depois do primeiro álbum, em 1981, Vandross foi figura constante nas paradas dos Estados Unidos, com canções como “For You to Love”, “Any Love”, “Never Too Much” e “I Can Make It Any Better”. Gravou duetos com Mariah Carey (“Endless Love”) e Janet Jackson ("The Best Things in Life Are Free"). Diabético e hipertenso, o cantor morreu de ataque cardíaco em 2005, aos 54 anos.

Sobre Luther Vandross

Até chegar à fama, o americano Luther Ronzoni Vandross Jr. foi backing vocal de nomes como Chaka Khan, Diana Ross e David Bowie, entre outros. A poderosa voz de tenor logo o levou a uma carreira solo. Depois do primeiro álbum, em 1981, Vandross foi figura constante nas paradas dos Estados Unidos, com canções como “For You to Love”, “Any Love”, “Never Too Much” e “I Can Make It Any Better”. Gravou duetos com Mariah Carey (“Endless Love”) e Janet Jackson ("The Best Things in Life Are Free"). Diabético e hipertenso, o cantor morreu de ataque cardíaco em 2005, aos 54 anos.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.