356x237

Artista

Ludmilla

Sobre Ludmilla

Cantora carioca de funk, Ludmilla nasceu em 1995 e começou sua carreira publicando seu trabalho na internet, sob o apelido de MC Beyoncé. Inspirada na estrela pop americana, em 2012 ela soltou no YouTube o áudio daquele que veio a ser seu primeiro hit, “Fala Mal de Mim”. O bom desempenho da música impulsionou sua agenda de shows e abriu caminho para o lançamento do primeiro álbum, Hoje (2014), já assinando como Ludmilla. A entrada da faixa-título na trilha sonora da novela Império, da Rede Globo, deu mais um empurrão em sua trajetória para a fama. Destaque nas rádios, TV e internet, em 2016 Ludmilla participou da cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro, interpretando “Rap da Felicidade”. No mesmo ano, a artista se baseou na popular comédia adolescente Meninas Malvadas (2004) para criar o clipe de “Cheguei”, no qual aparece dançando entre drag queens. A música integra seu segundo álbum, A Danada Sou Eu, que trouxe ainda o hit “Bom”, ouvido na novela Rock Story. Em 2017, a cantora participou do single “Otra Vez”, uma mistura de funk e reggaeton da dupla porto-riquenha Zion & Lennox.

356x237

Ludmilla

Cantora carioca de funk, Ludmilla nasceu em 1995 e começou sua carreira publicando seu trabalho na internet, sob o apelido de MC Beyoncé. Inspirada na estrela pop americana, em 2012 ela soltou no YouTube o áudio daquele que veio a ser seu primeiro hit, “Fala Mal de Mim”. O bom desempenho da música impulsionou sua agenda de shows e abriu caminho para o lançamento do primeiro álbum, Hoje (2014), já assinando como Ludmilla. A entrada da faixa-título na trilha sonora da novela Império, da Rede Globo, deu mais um empurrão em sua trajetória para a fama. Destaque nas rádios, TV e internet, em 2016 Ludmilla participou da cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro, interpretando “Rap da Felicidade”. No mesmo ano, a artista se baseou na popular comédia adolescente Meninas Malvadas (2004) para criar o clipe de “Cheguei”, no qual aparece dançando entre drag queens. A música integra seu segundo álbum, A Danada Sou Eu, que trouxe ainda o hit “Bom”, ouvido na novela Rock Story. Em 2017, a cantora participou do single “Otra Vez”, uma mistura de funk e reggaeton da dupla porto-riquenha Zion & Lennox.

Sobre Ludmilla

Cantora carioca de funk, Ludmilla nasceu em 1995 e começou sua carreira publicando seu trabalho na internet, sob o apelido de MC Beyoncé. Inspirada na estrela pop americana, em 2012 ela soltou no YouTube o áudio daquele que veio a ser seu primeiro hit, “Fala Mal de Mim”. O bom desempenho da música impulsionou sua agenda de shows e abriu caminho para o lançamento do primeiro álbum, Hoje (2014), já assinando como Ludmilla. A entrada da faixa-título na trilha sonora da novela Império, da Rede Globo, deu mais um empurrão em sua trajetória para a fama. Destaque nas rádios, TV e internet, em 2016 Ludmilla participou da cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro, interpretando “Rap da Felicidade”. No mesmo ano, a artista se baseou na popular comédia adolescente Meninas Malvadas (2004) para criar o clipe de “Cheguei”, no qual aparece dançando entre drag queens. A música integra seu segundo álbum, A Danada Sou Eu, que trouxe ainda o hit “Bom”, ouvido na novela Rock Story. Em 2017, a cantora participou do single “Otra Vez”, uma mistura de funk e reggaeton da dupla porto-riquenha Zion & Lennox.

Sobre Ludmilla

Cantora carioca de funk, Ludmilla nasceu em 1995 e começou sua carreira publicando seu trabalho na internet, sob o apelido de MC Beyoncé. Inspirada na estrela pop americana, em 2012 ela soltou no YouTube o áudio daquele que veio a ser seu primeiro hit, “Fala Mal de Mim”. O bom desempenho da música impulsionou sua agenda de shows e abriu caminho para o lançamento do primeiro álbum, Hoje (2014), já assinando como Ludmilla. A entrada da faixa-título na trilha sonora da novela Império, da Rede Globo, deu mais um empurrão em sua trajetória para a fama. Destaque nas rádios, TV e internet, em 2016 Ludmilla participou da cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro, interpretando “Rap da Felicidade”. No mesmo ano, a artista se baseou na popular comédia adolescente Meninas Malvadas (2004) para criar o clipe de “Cheguei”, no qual aparece dançando entre drag queens. A música integra seu segundo álbum, A Danada Sou Eu, que trouxe ainda o hit “Bom”, ouvido na novela Rock Story. Em 2017, a cantora participou do single “Otra Vez”, uma mistura de funk e reggaeton da dupla porto-riquenha Zion & Lennox.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.