356x237

Artista

Karol G

Sobre Karol G

Artista versátil, Karol G transita por vários gêneros musicais com a mesma espontaneidade – do rap ao reggae, do rock ao merengue. Nascida em Medellín, na Colômbia, em 1991, ela sempre demonstrou um extraordinário pendor musical. Seus pais, atentos a essa vocação, a inscreveram num curso de canto logo aos 5 anos de idade. Aos 7, a incentivaram a participar do programa de descoberta de talentos Factor X – a garota se classificou para as eliminatórias e atraiu a atenção da gravadora Columbia, que lhe ofereceu o primeiro contrato. Em 2010, aos 19 anos, Karol G passou a integrar o grupo musical do também colombiano Reikon, com o qual, dois anos depois, faria grande sucesso com o álbum 301. Em 2013, já em carreira solo, emplacou o hit “Ricos Besos”. Na sequencia de sua carreira, Karol G estabeleceria diversas parcerias bem sucedidas, como “Amor de Dos, com Nicky Jam, “Mañana”, com Andy Rivera, “Mi Mala”, com Mau y Ricky, “Hello”, com Ozuna, e “Ahora Me Llama”, com Bad Bunny. As duas últimas entraram em seu primeiro álbum solo, Unstoppable>, lançado em 2017. Em clima tropical, “Pineapple” foi o primeiro single de 2018, seguido por “Princesa”, em dueto com a estrela pop argentina Tini.

356x237

Karol G

Artista versátil, Karol G transita por vários gêneros musicais com a mesma espontaneidade – do rap ao reggae, do rock ao merengue. Nascida em Medellín, na Colômbia, em 1991, ela sempre demonstrou um extraordinário pendor musical. Seus pais, atentos a essa vocação, a inscreveram num curso de canto logo aos 5 anos de idade. Aos 7, a incentivaram a participar do programa de descoberta de talentos Factor X – a garota se classificou para as eliminatórias e atraiu a atenção da gravadora Columbia, que lhe ofereceu o primeiro contrato. Em 2010, aos 19 anos, Karol G passou a integrar o grupo musical do também colombiano Reikon, com o qual, dois anos depois, faria grande sucesso com o álbum 301. Em 2013, já em carreira solo, emplacou o hit “Ricos Besos”. Na sequencia de sua carreira, Karol G estabeleceria diversas parcerias bem sucedidas, como “Amor de Dos, com Nicky Jam, “Mañana”, com Andy Rivera, “Mi Mala”, com Mau y Ricky, “Hello”, com Ozuna, e “Ahora Me Llama”, com Bad Bunny. As duas últimas entraram em seu primeiro álbum solo, Unstoppable>, lançado em 2017. Em clima tropical, “Pineapple” foi o primeiro single de 2018, seguido por “Princesa”, em dueto com a estrela pop argentina Tini.

Sobre Karol G

Artista versátil, Karol G transita por vários gêneros musicais com a mesma espontaneidade – do rap ao reggae, do rock ao merengue. Nascida em Medellín, na Colômbia, em 1991, ela sempre demonstrou um extraordinário pendor musical. Seus pais, atentos a essa vocação, a inscreveram num curso de canto logo aos 5 anos de idade. Aos 7, a incentivaram a participar do programa de descoberta de talentos Factor X – a garota se classificou para as eliminatórias e atraiu a atenção da gravadora Columbia, que lhe ofereceu o primeiro contrato. Em 2010, aos 19 anos, Karol G passou a integrar o grupo musical do também colombiano Reikon, com o qual, dois anos depois, faria grande sucesso com o álbum 301. Em 2013, já em carreira solo, emplacou o hit “Ricos Besos”. Na sequencia de sua carreira, Karol G estabeleceria diversas parcerias bem sucedidas, como “Amor de Dos, com Nicky Jam, “Mañana”, com Andy Rivera, “Mi Mala”, com Mau y Ricky, “Hello”, com Ozuna, e “Ahora Me Llama”, com Bad Bunny. As duas últimas entraram em seu primeiro álbum solo, Unstoppable>, lançado em 2017. Em clima tropical, “Pineapple” foi o primeiro single de 2018, seguido por “Princesa”, em dueto com a estrela pop argentina Tini.

Sobre Karol G

Artista versátil, Karol G transita por vários gêneros musicais com a mesma espontaneidade – do rap ao reggae, do rock ao merengue. Nascida em Medellín, na Colômbia, em 1991, ela sempre demonstrou um extraordinário pendor musical. Seus pais, atentos a essa vocação, a inscreveram num curso de canto logo aos 5 anos de idade. Aos 7, a incentivaram a participar do programa de descoberta de talentos Factor X – a garota se classificou para as eliminatórias e atraiu a atenção da gravadora Columbia, que lhe ofereceu o primeiro contrato. Em 2010, aos 19 anos, Karol G passou a integrar o grupo musical do também colombiano Reikon, com o qual, dois anos depois, faria grande sucesso com o álbum 301. Em 2013, já em carreira solo, emplacou o hit “Ricos Besos”. Na sequencia de sua carreira, Karol G estabeleceria diversas parcerias bem sucedidas, como “Amor de Dos, com Nicky Jam, “Mañana”, com Andy Rivera, “Mi Mala”, com Mau y Ricky, “Hello”, com Ozuna, e “Ahora Me Llama”, com Bad Bunny. As duas últimas entraram em seu primeiro álbum solo, Unstoppable>, lançado em 2017. Em clima tropical, “Pineapple” foi o primeiro single de 2018, seguido por “Princesa”, em dueto com a estrela pop argentina Tini.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.