356x237

Artista

John Lee Hooker

Sobre John Lee Hooker

Quando criança, no interior do Mississíppi, John Lee Hooker (1917-2001) e seus irmãos, filhos de um sitiante e pastor, só podiam ouvir música gospel. Ele conheceu o blues quando o pai se foi e surgiu o padrasto, que tocava violão. Hooker trabalhou como operário em diferentes cidades até fixar-se em Detroit, onde era funcionário da Ford durante o dia e blueseiro em bares à noite. O músico achava o som do violão muito baixo e, por isso, adotou a guitarra elétrica, o que seria um marco e diferencial de seu estilo. Hooker era também um letrista habilidoso e mestre na improvisação – como fica claro em sua participação no filme Os Irmãos Cara de Pau, de 1980. Conhecido como “The Hook” ou “The Boogie Man”, gravou mais de 100 álbuns, entre eles The Healer, em 1989, com convidados como Keith Richards e Carlos Santana e ganhador de um Grammy. John Lee Hooker viveu os últimos anos em uma casa em Long Beach, Califórnia, na qual morreu aos 83 anos.

356x237

John Lee Hooker

Quando criança, no interior do Mississíppi, John Lee Hooker (1917-2001) e seus irmãos, filhos de um sitiante e pastor, só podiam ouvir música gospel. Ele conheceu o blues quando o pai se foi e surgiu o padrasto, que tocava violão. Hooker trabalhou como operário em diferentes cidades até fixar-se em Detroit, onde era funcionário da Ford durante o dia e blueseiro em bares à noite. O músico achava o som do violão muito baixo e, por isso, adotou a guitarra elétrica, o que seria um marco e diferencial de seu estilo. Hooker era também um letrista habilidoso e mestre na improvisação – como fica claro em sua participação no filme Os Irmãos Cara de Pau, de 1980. Conhecido como “The Hook” ou “The Boogie Man”, gravou mais de 100 álbuns, entre eles The Healer, em 1989, com convidados como Keith Richards e Carlos Santana e ganhador de um Grammy. John Lee Hooker viveu os últimos anos em uma casa em Long Beach, Califórnia, na qual morreu aos 83 anos.

Sobre John Lee Hooker

Quando criança, no interior do Mississíppi, John Lee Hooker (1917-2001) e seus irmãos, filhos de um sitiante e pastor, só podiam ouvir música gospel. Ele conheceu o blues quando o pai se foi e surgiu o padrasto, que tocava violão. Hooker trabalhou como operário em diferentes cidades até fixar-se em Detroit, onde era funcionário da Ford durante o dia e blueseiro em bares à noite. O músico achava o som do violão muito baixo e, por isso, adotou a guitarra elétrica, o que seria um marco e diferencial de seu estilo. Hooker era também um letrista habilidoso e mestre na improvisação – como fica claro em sua participação no filme Os Irmãos Cara de Pau, de 1980. Conhecido como “The Hook” ou “The Boogie Man”, gravou mais de 100 álbuns, entre eles The Healer, em 1989, com convidados como Keith Richards e Carlos Santana e ganhador de um Grammy. John Lee Hooker viveu os últimos anos em uma casa em Long Beach, Califórnia, na qual morreu aos 83 anos.

Sobre John Lee Hooker

Quando criança, no interior do Mississíppi, John Lee Hooker (1917-2001) e seus irmãos, filhos de um sitiante e pastor, só podiam ouvir música gospel. Ele conheceu o blues quando o pai se foi e surgiu o padrasto, que tocava violão. Hooker trabalhou como operário em diferentes cidades até fixar-se em Detroit, onde era funcionário da Ford durante o dia e blueseiro em bares à noite. O músico achava o som do violão muito baixo e, por isso, adotou a guitarra elétrica, o que seria um marco e diferencial de seu estilo. Hooker era também um letrista habilidoso e mestre na improvisação – como fica claro em sua participação no filme Os Irmãos Cara de Pau, de 1980. Conhecido como “The Hook” ou “The Boogie Man”, gravou mais de 100 álbuns, entre eles The Healer, em 1989, com convidados como Keith Richards e Carlos Santana e ganhador de um Grammy. John Lee Hooker viveu os últimos anos em uma casa em Long Beach, Califórnia, na qual morreu aos 83 anos.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.