356x237

Artista

Howlin' Wolf

Sobre Howlin' Wolf

A aparência física já não deixava Chester Arthur Burnett passar despercebido: com mais de 1,90 e passando bem dos 100 quilos, ele era um gigante. Mas era quando abria a boca para cantar que Chester virava Howlin’ Wolf, o lobo uivante do blues de Chicago. E ele entrava no personagem: o bluesman adentrava o palco de quatro, uivando e deixando a plateia atônita. Muito influente no rock, Howlin’ Wolf imortalizou canções como “Spoonful”, “Smokestack Lightnin”, “Back Door Man” e “Killing Floor”. Apesar das perfomances malucas nos anos 1950 e 1960, Howlin’ Wolf era pacato, sem extravagâncias e caseiro. Morreu em 1976, aos 65 anos.

356x237

Howlin' Wolf

A aparência física já não deixava Chester Arthur Burnett passar despercebido: com mais de 1,90 e passando bem dos 100 quilos, ele era um gigante. Mas era quando abria a boca para cantar que Chester virava Howlin’ Wolf, o lobo uivante do blues de Chicago. E ele entrava no personagem: o bluesman adentrava o palco de quatro, uivando e deixando a plateia atônita. Muito influente no rock, Howlin’ Wolf imortalizou canções como “Spoonful”, “Smokestack Lightnin”, “Back Door Man” e “Killing Floor”. Apesar das perfomances malucas nos anos 1950 e 1960, Howlin’ Wolf era pacato, sem extravagâncias e caseiro. Morreu em 1976, aos 65 anos.

Sobre Howlin' Wolf

A aparência física já não deixava Chester Arthur Burnett passar despercebido: com mais de 1,90 e passando bem dos 100 quilos, ele era um gigante. Mas era quando abria a boca para cantar que Chester virava Howlin’ Wolf, o lobo uivante do blues de Chicago. E ele entrava no personagem: o bluesman adentrava o palco de quatro, uivando e deixando a plateia atônita. Muito influente no rock, Howlin’ Wolf imortalizou canções como “Spoonful”, “Smokestack Lightnin”, “Back Door Man” e “Killing Floor”. Apesar das perfomances malucas nos anos 1950 e 1960, Howlin’ Wolf era pacato, sem extravagâncias e caseiro. Morreu em 1976, aos 65 anos.

Sobre Howlin' Wolf

A aparência física já não deixava Chester Arthur Burnett passar despercebido: com mais de 1,90 e passando bem dos 100 quilos, ele era um gigante. Mas era quando abria a boca para cantar que Chester virava Howlin’ Wolf, o lobo uivante do blues de Chicago. E ele entrava no personagem: o bluesman adentrava o palco de quatro, uivando e deixando a plateia atônita. Muito influente no rock, Howlin’ Wolf imortalizou canções como “Spoonful”, “Smokestack Lightnin”, “Back Door Man” e “Killing Floor”. Apesar das perfomances malucas nos anos 1950 e 1960, Howlin’ Wolf era pacato, sem extravagâncias e caseiro. Morreu em 1976, aos 65 anos.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.