356x237

Artista

Hateen

Sobre Hateen

Sempre tendo à frente o cantor e guitarrista Rodrigo Koala, o Hateen iniciou suas atividades em 1994. A banda paulista, inicialmente, praticava um hardcore melódico e conseguiu destaque se apresentando no circuito independente. A MTV também deu espaço ao grupo, que por um tempo compartilhou o baterista Japinha com o CPM 22. Com o desenvolvimento de seu repertório, o Hateen foi se aproximando do emocore e virando uma referência do estilo na cena nacional. Em 2006, o conjunto iniciou um novo momento, abandonando as letras em inglês e assinando com a produtora de Rick Bonadio para tentar chegar a um público maior. O álbum que marcou essa guinada levou o nome de Procedimentos de Emergência e teve como singles de destaque “1997” e “Quem Já Perdeu um Sonho Aqui?”. Obrigado Tempestade, o registro seguinte, saiu cinco anos depois e levou o Hateen de volta ao mercado independente. Em 2016, veio Não Vai Mais Ter Tristeza Aqui, com participação de Dani Vellocet (Mecanika) em “Passa o Tempo” e de Rodrigo Lima (Dead Fish) em “Perdendo o Controle”.

Artistas semelhantes

Beeshop, Emoponto, Forfun, Hevo 84, Scracho, Strike

356x237

Hateen

Sempre tendo à frente o cantor e guitarrista Rodrigo Koala, o Hateen iniciou suas atividades em 1994. A banda paulista, inicialmente, praticava um hardcore melódico e conseguiu destaque se apresentando no circuito independente. A MTV também deu espaço ao grupo, que por um tempo compartilhou o baterista Japinha com o CPM 22. Com o desenvolvimento de seu repertório, o Hateen foi se aproximando do emocore e virando uma referência do estilo na cena nacional. Em 2006, o conjunto iniciou um novo momento, abandonando as letras em inglês e assinando com a produtora de Rick Bonadio para tentar chegar a um público maior. O álbum que marcou essa guinada levou o nome de Procedimentos de Emergência e teve como singles de destaque “1997” e “Quem Já Perdeu um Sonho Aqui?”. Obrigado Tempestade, o registro seguinte, saiu cinco anos depois e levou o Hateen de volta ao mercado independente. Em 2016, veio Não Vai Mais Ter Tristeza Aqui, com participação de Dani Vellocet (Mecanika) em “Passa o Tempo” e de Rodrigo Lima (Dead Fish) em “Perdendo o Controle”.

Sobre Hateen

Sempre tendo à frente o cantor e guitarrista Rodrigo Koala, o Hateen iniciou suas atividades em 1994. A banda paulista, inicialmente, praticava um hardcore melódico e conseguiu destaque se apresentando no circuito independente. A MTV também deu espaço ao grupo, que por um tempo compartilhou o baterista Japinha com o CPM 22. Com o desenvolvimento de seu repertório, o Hateen foi se aproximando do emocore e virando uma referência do estilo na cena nacional. Em 2006, o conjunto iniciou um novo momento, abandonando as letras em inglês e assinando com a produtora de Rick Bonadio para tentar chegar a um público maior. O álbum que marcou essa guinada levou o nome de Procedimentos de Emergência e teve como singles de destaque “1997” e “Quem Já Perdeu um Sonho Aqui?”. Obrigado Tempestade, o registro seguinte, saiu cinco anos depois e levou o Hateen de volta ao mercado independente. Em 2016, veio Não Vai Mais Ter Tristeza Aqui, com participação de Dani Vellocet (Mecanika) em “Passa o Tempo” e de Rodrigo Lima (Dead Fish) em “Perdendo o Controle”.

Artistas semelhantes

Sobre Hateen

Sempre tendo à frente o cantor e guitarrista Rodrigo Koala, o Hateen iniciou suas atividades em 1994. A banda paulista, inicialmente, praticava um hardcore melódico e conseguiu destaque se apresentando no circuito independente. A MTV também deu espaço ao grupo, que por um tempo compartilhou o baterista Japinha com o CPM 22. Com o desenvolvimento de seu repertório, o Hateen foi se aproximando do emocore e virando uma referência do estilo na cena nacional. Em 2006, o conjunto iniciou um novo momento, abandonando as letras em inglês e assinando com a produtora de Rick Bonadio para tentar chegar a um público maior. O álbum que marcou essa guinada levou o nome de Procedimentos de Emergência e teve como singles de destaque “1997” e “Quem Já Perdeu um Sonho Aqui?”. Obrigado Tempestade, o registro seguinte, saiu cinco anos depois e levou o Hateen de volta ao mercado independente. Em 2016, veio Não Vai Mais Ter Tristeza Aqui, com participação de Dani Vellocet (Mecanika) em “Passa o Tempo” e de Rodrigo Lima (Dead Fish) em “Perdendo o Controle”.

Artistas semelhantes

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.