356x237

Artista

Fernando Mendes

Sobre Fernando Mendes

Cantor e compositor mineiro, Fernando Mendes teve muito destaque na mídia nacional durante a década de 1970. Ele começou a ganhar cartaz em 1972, impulsionado por programas de TV como o comandado por Chacrinha, no qual emplacou “A Desconhecida” e “Recordações”. Mudou de patamar ao lançar a pungente “Cadeira de Rodas”, em 1975. No ano seguinte, manteve-se em evidência com “A Menina da Calçada” e “Sorte Tem Quem Acredita Nela” (usada na novela Duas Vidas, da Globo). Não parou de produzir nos anos 1980 e 90, então sem o mesmo sucesso. Suas canções singelas por muito tempo foram consideradas bregas, mas o artista adquiriu aura cult após Caetano Veloso recuperar um de seus sucessos, “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”, para a trilha sonora do filme Lisbela e o Prisioneiro (2003) – as duplas Chrystian & Ralf e Bruno & Marrone também regravaram o hit.

356x237

Fernando Mendes

Cantor e compositor mineiro, Fernando Mendes teve muito destaque na mídia nacional durante a década de 1970. Ele começou a ganhar cartaz em 1972, impulsionado por programas de TV como o comandado por Chacrinha, no qual emplacou “A Desconhecida” e “Recordações”. Mudou de patamar ao lançar a pungente “Cadeira de Rodas”, em 1975. No ano seguinte, manteve-se em evidência com “A Menina da Calçada” e “Sorte Tem Quem Acredita Nela” (usada na novela Duas Vidas, da Globo). Não parou de produzir nos anos 1980 e 90, então sem o mesmo sucesso. Suas canções singelas por muito tempo foram consideradas bregas, mas o artista adquiriu aura cult após Caetano Veloso recuperar um de seus sucessos, “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”, para a trilha sonora do filme Lisbela e o Prisioneiro (2003) – as duplas Chrystian & Ralf e Bruno & Marrone também regravaram o hit.

Sobre Fernando Mendes

Cantor e compositor mineiro, Fernando Mendes teve muito destaque na mídia nacional durante a década de 1970. Ele começou a ganhar cartaz em 1972, impulsionado por programas de TV como o comandado por Chacrinha, no qual emplacou “A Desconhecida” e “Recordações”. Mudou de patamar ao lançar a pungente “Cadeira de Rodas”, em 1975. No ano seguinte, manteve-se em evidência com “A Menina da Calçada” e “Sorte Tem Quem Acredita Nela” (usada na novela Duas Vidas, da Globo). Não parou de produzir nos anos 1980 e 90, então sem o mesmo sucesso. Suas canções singelas por muito tempo foram consideradas bregas, mas o artista adquiriu aura cult após Caetano Veloso recuperar um de seus sucessos, “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”, para a trilha sonora do filme Lisbela e o Prisioneiro (2003) – as duplas Chrystian & Ralf e Bruno & Marrone também regravaram o hit.

Sobre Fernando Mendes

Cantor e compositor mineiro, Fernando Mendes teve muito destaque na mídia nacional durante a década de 1970. Ele começou a ganhar cartaz em 1972, impulsionado por programas de TV como o comandado por Chacrinha, no qual emplacou “A Desconhecida” e “Recordações”. Mudou de patamar ao lançar a pungente “Cadeira de Rodas”, em 1975. No ano seguinte, manteve-se em evidência com “A Menina da Calçada” e “Sorte Tem Quem Acredita Nela” (usada na novela Duas Vidas, da Globo). Não parou de produzir nos anos 1980 e 90, então sem o mesmo sucesso. Suas canções singelas por muito tempo foram consideradas bregas, mas o artista adquiriu aura cult após Caetano Veloso recuperar um de seus sucessos, “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”, para a trilha sonora do filme Lisbela e o Prisioneiro (2003) – as duplas Chrystian & Ralf e Bruno & Marrone também regravaram o hit.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.