356x237

Artista

Fagner & Zé Ramalho

Sobre Fagner & Zé Ramalho

Ao longo dos mais de 40 anos de carreira de cada um, o cearense Fagner e o paraibano Zé Ramalho já haviam trabalho juntos em algumas ocasiões – como na canção “Eternas Ondas”, composição de Ramalho que virou sucesso na voz de Fagner na década de 1980. Mas, em 2014, a dupla nordestina selou de vez a parceria por meio de um álbum ao vivo. O projeto, que compila apresentações feitas no Rio de Janeiro, teve direção musical de Robertinho do Recife e traz sucessos como “Chão de Giz”, “Admirável Gado Novo”, “Asa Partida” e “Mucuripe” interpretados pelos dois icônicos músicos brasileiros. “É uma celebração dos 40 anos das nossas carreiras, é para mostrar que estamos em forma”, defendeu Zé Ramalho, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo à época do lançamento.

356x237

Fagner & Zé Ramalho

Ao longo dos mais de 40 anos de carreira de cada um, o cearense Fagner e o paraibano Zé Ramalho já haviam trabalho juntos em algumas ocasiões – como na canção “Eternas Ondas”, composição de Ramalho que virou sucesso na voz de Fagner na década de 1980. Mas, em 2014, a dupla nordestina selou de vez a parceria por meio de um álbum ao vivo. O projeto, que compila apresentações feitas no Rio de Janeiro, teve direção musical de Robertinho do Recife e traz sucessos como “Chão de Giz”, “Admirável Gado Novo”, “Asa Partida” e “Mucuripe” interpretados pelos dois icônicos músicos brasileiros. “É uma celebração dos 40 anos das nossas carreiras, é para mostrar que estamos em forma”, defendeu Zé Ramalho, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo à época do lançamento.

Sobre Fagner & Zé Ramalho

Ao longo dos mais de 40 anos de carreira de cada um, o cearense Fagner e o paraibano Zé Ramalho já haviam trabalho juntos em algumas ocasiões – como na canção “Eternas Ondas”, composição de Ramalho que virou sucesso na voz de Fagner na década de 1980. Mas, em 2014, a dupla nordestina selou de vez a parceria por meio de um álbum ao vivo. O projeto, que compila apresentações feitas no Rio de Janeiro, teve direção musical de Robertinho do Recife e traz sucessos como “Chão de Giz”, “Admirável Gado Novo”, “Asa Partida” e “Mucuripe” interpretados pelos dois icônicos músicos brasileiros. “É uma celebração dos 40 anos das nossas carreiras, é para mostrar que estamos em forma”, defendeu Zé Ramalho, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo à época do lançamento.

Sobre Fagner & Zé Ramalho

Ao longo dos mais de 40 anos de carreira de cada um, o cearense Fagner e o paraibano Zé Ramalho já haviam trabalho juntos em algumas ocasiões – como na canção “Eternas Ondas”, composição de Ramalho que virou sucesso na voz de Fagner na década de 1980. Mas, em 2014, a dupla nordestina selou de vez a parceria por meio de um álbum ao vivo. O projeto, que compila apresentações feitas no Rio de Janeiro, teve direção musical de Robertinho do Recife e traz sucessos como “Chão de Giz”, “Admirável Gado Novo”, “Asa Partida” e “Mucuripe” interpretados pelos dois icônicos músicos brasileiros. “É uma celebração dos 40 anos das nossas carreiras, é para mostrar que estamos em forma”, defendeu Zé Ramalho, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo à época do lançamento.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.