356x237

Artista

Esperanza Spalding

Sobre Esperanza Spalding

Esperanza Spalding ganhou status de “instrumentista prodigiosa” logo que aprendeu a tocar contrabaixo, aos 15 anos de idade. Depois de se apresentar ao lado de nomes como Pat Metheny e Joe Lovano, a musicista nascida em 1984 fez sua estreia com o álbum Junjo (2008). Dois anos mais tarde, tornou-se um dos novos destaques do jazz com Esperanza, registro que chegou ao topo da parada Contemporary Jazz da Billboard. O trabalho seguinte, Chamber Music Society (2010) – com versões de “Wild Is the Wind”, de Dimitri Tiomkin e Ned Washington, e “Inútil Paisagem, de Tom Jobim –, repetiu o feito, além de render a Esperanza o Grammy de Revelação do Ano, batendo ninguém menos que o popstar Justin Bieber. Também vocalista e fã declarada de Milton Nascimento, Esperanza subiu ao palco ao lado do cantor na 4ª edição do Rock in Rio, em 2011, cantando em português músicas como "Fé Cega Faca Amolada" e "Ponta de Areia". Depois de lançar em 2012 Radio Music Society, álbum de parcerias, ela participou de projetos de outros artistas, como Janelle Monáe, até retornar com Emily’s D+ Evolution, em 2016.

356x237

Esperanza Spalding

Esperanza Spalding ganhou status de “instrumentista prodigiosa” logo que aprendeu a tocar contrabaixo, aos 15 anos de idade. Depois de se apresentar ao lado de nomes como Pat Metheny e Joe Lovano, a musicista nascida em 1984 fez sua estreia com o álbum Junjo (2008). Dois anos mais tarde, tornou-se um dos novos destaques do jazz com Esperanza, registro que chegou ao topo da parada Contemporary Jazz da Billboard. O trabalho seguinte, Chamber Music Society (2010) – com versões de “Wild Is the Wind”, de Dimitri Tiomkin e Ned Washington, e “Inútil Paisagem, de Tom Jobim –, repetiu o feito, além de render a Esperanza o Grammy de Revelação do Ano, batendo ninguém menos que o popstar Justin Bieber. Também vocalista e fã declarada de Milton Nascimento, Esperanza subiu ao palco ao lado do cantor na 4ª edição do Rock in Rio, em 2011, cantando em português músicas como "Fé Cega Faca Amolada" e "Ponta de Areia". Depois de lançar em 2012 Radio Music Society, álbum de parcerias, ela participou de projetos de outros artistas, como Janelle Monáe, até retornar com Emily’s D+ Evolution, em 2016.

Sobre Esperanza Spalding

Esperanza Spalding ganhou status de “instrumentista prodigiosa” logo que aprendeu a tocar contrabaixo, aos 15 anos de idade. Depois de se apresentar ao lado de nomes como Pat Metheny e Joe Lovano, a musicista nascida em 1984 fez sua estreia com o álbum Junjo (2008). Dois anos mais tarde, tornou-se um dos novos destaques do jazz com Esperanza, registro que chegou ao topo da parada Contemporary Jazz da Billboard. O trabalho seguinte, Chamber Music Society (2010) – com versões de “Wild Is the Wind”, de Dimitri Tiomkin e Ned Washington, e “Inútil Paisagem, de Tom Jobim –, repetiu o feito, além de render a Esperanza o Grammy de Revelação do Ano, batendo ninguém menos que o popstar Justin Bieber. Também vocalista e fã declarada de Milton Nascimento, Esperanza subiu ao palco ao lado do cantor na 4ª edição do Rock in Rio, em 2011, cantando em português músicas como "Fé Cega Faca Amolada" e "Ponta de Areia". Depois de lançar em 2012 Radio Music Society, álbum de parcerias, ela participou de projetos de outros artistas, como Janelle Monáe, até retornar com Emily’s D+ Evolution, em 2016.

Sobre Esperanza Spalding

Esperanza Spalding ganhou status de “instrumentista prodigiosa” logo que aprendeu a tocar contrabaixo, aos 15 anos de idade. Depois de se apresentar ao lado de nomes como Pat Metheny e Joe Lovano, a musicista nascida em 1984 fez sua estreia com o álbum Junjo (2008). Dois anos mais tarde, tornou-se um dos novos destaques do jazz com Esperanza, registro que chegou ao topo da parada Contemporary Jazz da Billboard. O trabalho seguinte, Chamber Music Society (2010) – com versões de “Wild Is the Wind”, de Dimitri Tiomkin e Ned Washington, e “Inútil Paisagem, de Tom Jobim –, repetiu o feito, além de render a Esperanza o Grammy de Revelação do Ano, batendo ninguém menos que o popstar Justin Bieber. Também vocalista e fã declarada de Milton Nascimento, Esperanza subiu ao palco ao lado do cantor na 4ª edição do Rock in Rio, em 2011, cantando em português músicas como "Fé Cega Faca Amolada" e "Ponta de Areia". Depois de lançar em 2012 Radio Music Society, álbum de parcerias, ela participou de projetos de outros artistas, como Janelle Monáe, até retornar com Emily’s D+ Evolution, em 2016.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.