356x237

Artista

Enrique Iglesias

Sobre Enrique Iglesias

Nascido em 1975, Enrique Iglesias conta que deu os primeiros passos na carreira à revelia da vontade do pai, o superastro Julio Iglesias. Nem o sucesso do primeiro álbum, homônimo, lançado em 1995 e que lhe garantiu o Grammy de Melhor Performance Latina, ajudaria a quebrar o gelo. O lançamento seguinte, Vivir (1997), foi igualmente bem-sucedido e emplacou como Álbum do Ano da Billboard. Em 1999, o cantor lançou Enrique, seu primeiro trabalho todo em inglês, que posicionou dois singles no topo da parada americana, “Bailamos (Wild Wild West)” e “Be With You”, e trouxe um dueto com Whitney Houston, “Could I Have This Kiss Forever” – para o mercado brasileiro, ele gravou com Sandy & Júnior uma versão em português da faixa “You’re My Nº 1”. Scape, de 2001, atingiu o segundo lugar nos EUA e foi divulgado por uma turnê mundial com mais de 50 shows em 16 países. Em 2010, Enrique voltou a ocupar os primeiros postos nos rankings com Euphoria, seu primeiro álbum bilíngue. O registro traz as sacudidas “I Like It”, dueto com Pitbull, e “Tonight”, com Ludacris e DJ Frank, e "Cuando Me Enamoro", com participação de Juan Luis Guerra. Nos anos seguinte, Enrique foi responsável por três dos maiores hits recentes da música latina: “Bailando”(2014), em parceria com os cubanos Descemer Bueno e Gente de Zona - que ganhou uma versão para o Brasil com Luan Santana -, “El Perdón” (2015), dividindo os vocais com Nicky Jam e “Duele El Corazon”(2016), que conta com Wisin.

356x237

Enrique Iglesias

Nascido em 1975, Enrique Iglesias conta que deu os primeiros passos na carreira à revelia da vontade do pai, o superastro Julio Iglesias. Nem o sucesso do primeiro álbum, homônimo, lançado em 1995 e que lhe garantiu o Grammy de Melhor Performance Latina, ajudaria a quebrar o gelo. O lançamento seguinte, Vivir (1997), foi igualmente bem-sucedido e emplacou como Álbum do Ano da Billboard. Em 1999, o cantor lançou Enrique, seu primeiro trabalho todo em inglês, que posicionou dois singles no topo da parada americana, “Bailamos (Wild Wild West)” e “Be With You”, e trouxe um dueto com Whitney Houston, “Could I Have This Kiss Forever” – para o mercado brasileiro, ele gravou com Sandy & Júnior uma versão em português da faixa “You’re My Nº 1”. Scape, de 2001, atingiu o segundo lugar nos EUA e foi divulgado por uma turnê mundial com mais de 50 shows em 16 países. Em 2010, Enrique voltou a ocupar os primeiros postos nos rankings com Euphoria, seu primeiro álbum bilíngue. O registro traz as sacudidas “I Like It”, dueto com Pitbull, e “Tonight”, com Ludacris e DJ Frank, e "Cuando Me Enamoro", com participação de Juan Luis Guerra. Nos anos seguinte, Enrique foi responsável por três dos maiores hits recentes da música latina: “Bailando”(2014), em parceria com os cubanos Descemer Bueno e Gente de Zona - que ganhou uma versão para o Brasil com Luan Santana -, “El Perdón” (2015), dividindo os vocais com Nicky Jam e “Duele El Corazon”(2016), que conta com Wisin.

Sobre Enrique Iglesias

Nascido em 1975, Enrique Iglesias conta que deu os primeiros passos na carreira à revelia da vontade do pai, o superastro Julio Iglesias. Nem o sucesso do primeiro álbum, homônimo, lançado em 1995 e que lhe garantiu o Grammy de Melhor Performance Latina, ajudaria a quebrar o gelo. O lançamento seguinte, Vivir (1997), foi igualmente bem-sucedido e emplacou como Álbum do Ano da Billboard. Em 1999, o cantor lançou Enrique, seu primeiro trabalho todo em inglês, que posicionou dois singles no topo da parada americana, “Bailamos (Wild Wild West)” e “Be With You”, e trouxe um dueto com Whitney Houston, “Could I Have This Kiss Forever” – para o mercado brasileiro, ele gravou com Sandy & Júnior uma versão em português da faixa “You’re My Nº 1”. Scape, de 2001, atingiu o segundo lugar nos EUA e foi divulgado por uma turnê mundial com mais de 50 shows em 16 países. Em 2010, Enrique voltou a ocupar os primeiros postos nos rankings com Euphoria, seu primeiro álbum bilíngue. O registro traz as sacudidas “I Like It”, dueto com Pitbull, e “Tonight”, com Ludacris e DJ Frank, e "Cuando Me Enamoro", com participação de Juan Luis Guerra. Nos anos seguinte, Enrique foi responsável por três dos maiores hits recentes da música latina: “Bailando”(2014), em parceria com os cubanos Descemer Bueno e Gente de Zona - que ganhou uma versão para o Brasil com Luan Santana -, “El Perdón” (2015), dividindo os vocais com Nicky Jam e “Duele El Corazon”(2016), que conta com Wisin.

Sobre Enrique Iglesias

Nascido em 1975, Enrique Iglesias conta que deu os primeiros passos na carreira à revelia da vontade do pai, o superastro Julio Iglesias. Nem o sucesso do primeiro álbum, homônimo, lançado em 1995 e que lhe garantiu o Grammy de Melhor Performance Latina, ajudaria a quebrar o gelo. O lançamento seguinte, Vivir (1997), foi igualmente bem-sucedido e emplacou como Álbum do Ano da Billboard. Em 1999, o cantor lançou Enrique, seu primeiro trabalho todo em inglês, que posicionou dois singles no topo da parada americana, “Bailamos (Wild Wild West)” e “Be With You”, e trouxe um dueto com Whitney Houston, “Could I Have This Kiss Forever” – para o mercado brasileiro, ele gravou com Sandy & Júnior uma versão em português da faixa “You’re My Nº 1”. Scape, de 2001, atingiu o segundo lugar nos EUA e foi divulgado por uma turnê mundial com mais de 50 shows em 16 países. Em 2010, Enrique voltou a ocupar os primeiros postos nos rankings com Euphoria, seu primeiro álbum bilíngue. O registro traz as sacudidas “I Like It”, dueto com Pitbull, e “Tonight”, com Ludacris e DJ Frank, e "Cuando Me Enamoro", com participação de Juan Luis Guerra. Nos anos seguinte, Enrique foi responsável por três dos maiores hits recentes da música latina: “Bailando”(2014), em parceria com os cubanos Descemer Bueno e Gente de Zona - que ganhou uma versão para o Brasil com Luan Santana -, “El Perdón” (2015), dividindo os vocais com Nicky Jam e “Duele El Corazon”(2016), que conta com Wisin.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.