356x237

Artista

Djonga

Sobre Djonga

Mineiro de Belo Horizonte, Gustavo Pereira, rapper conhecido como Djonga, cresceu ouvindo funk, rap e MPB, sobretudo nomes como Racionais MCs, Dogão, Cazuza e Milton Nascimento. Estudou história na Universidade de Ouro Preto e iniciou sua carreira musical no projeto DV Tribo, com o qual, ao lado de Fabrício FBC, Hot Apocalypse, Oreia e Clara Lima, gravou músicas como "Geração Elevada". Em 2017, já em trajetória solo, levou para suas criações suas várias influências musicais e lançou o elogiado Heresia, que apareceu na lista da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) como um dos 50 melhores álbuns brasileiros daquele ano. Em seu segundo registro, O Menino Que Queria Ser Deus, lançado em 2018, Djonga seguiu tratando de questões sociais e raciais experimentadas nas periferias brasileiras e incluiu reflexões sobre o que é ser artista e as consequências da fama.

356x237

Djonga

Mineiro de Belo Horizonte, Gustavo Pereira, rapper conhecido como Djonga, cresceu ouvindo funk, rap e MPB, sobretudo nomes como Racionais MCs, Dogão, Cazuza e Milton Nascimento. Estudou história na Universidade de Ouro Preto e iniciou sua carreira musical no projeto DV Tribo, com o qual, ao lado de Fabrício FBC, Hot Apocalypse, Oreia e Clara Lima, gravou músicas como "Geração Elevada". Em 2017, já em trajetória solo, levou para suas criações suas várias influências musicais e lançou o elogiado Heresia, que apareceu na lista da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) como um dos 50 melhores álbuns brasileiros daquele ano. Em seu segundo registro, O Menino Que Queria Ser Deus, lançado em 2018, Djonga seguiu tratando de questões sociais e raciais experimentadas nas periferias brasileiras e incluiu reflexões sobre o que é ser artista e as consequências da fama.

Sobre Djonga

Mineiro de Belo Horizonte, Gustavo Pereira, rapper conhecido como Djonga, cresceu ouvindo funk, rap e MPB, sobretudo nomes como Racionais MCs, Dogão, Cazuza e Milton Nascimento. Estudou história na Universidade de Ouro Preto e iniciou sua carreira musical no projeto DV Tribo, com o qual, ao lado de Fabrício FBC, Hot Apocalypse, Oreia e Clara Lima, gravou músicas como "Geração Elevada". Em 2017, já em trajetória solo, levou para suas criações suas várias influências musicais e lançou o elogiado Heresia, que apareceu na lista da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) como um dos 50 melhores álbuns brasileiros daquele ano. Em seu segundo registro, O Menino Que Queria Ser Deus, lançado em 2018, Djonga seguiu tratando de questões sociais e raciais experimentadas nas periferias brasileiras e incluiu reflexões sobre o que é ser artista e as consequências da fama.

Em destaque em Napster

500x500

O Melhor

Hip Hop Brasil

Sobre Djonga

Mineiro de Belo Horizonte, Gustavo Pereira, rapper conhecido como Djonga, cresceu ouvindo funk, rap e MPB, sobretudo nomes como Racionais MCs, Dogão, Cazuza e Milton Nascimento. Estudou história na Universidade de Ouro Preto e iniciou sua carreira musical no projeto DV Tribo, com o qual, ao lado de Fabrício FBC, Hot Apocalypse, Oreia e Clara Lima, gravou músicas como "Geração Elevada". Em 2017, já em trajetória solo, levou para suas criações suas várias influências musicais e lançou o elogiado Heresia, que apareceu na lista da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) como um dos 50 melhores álbuns brasileiros daquele ano. Em seu segundo registro, O Menino Que Queria Ser Deus, lançado em 2018, Djonga seguiu tratando de questões sociais e raciais experimentadas nas periferias brasileiras e incluiu reflexões sobre o que é ser artista e as consequências da fama.

Em destaque em Napster

500x500

O Melhor

Hip Hop Brasil
Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.