356x237

Artista

Death Cab For Cutie

Sobre Death Cab For Cutie

O Death Cab for Cutie partiu de um projeto do vocalista Ben Gibbard e se transformou numa das mais bem-sucedidas bandas indie dos últimos anos. Depois de chamar a atenção com a demo You Can Play These Songs with Chords (1997), gravada inteiramente por ele, Gibbard formou um quarteto para Something about Airplanes (1998). Sua sensibilidade como compositor aliou-se à competência do guitarrista e produtor Chris Walla, aumentando a popularidade do grupo com os lançamentos seguintes, We Have the Facts and We’re Voting Yes (2000) e The Photo Album (2001). O primeiro passo em direção ao mainstream veio com Transatlanticism (2003), impulsionado pelos singles “Title and Registration” e “The Sound of Settling” e pela presença na trilha sonora do popular seriado The O.C. Já com status de grande nome do indie, o DCFC lançou dois anos depois o álbum Plans, quarto lugar na Billboard e indicado ao Grammy de Melhor Álbum Alternativo. Em 2008, o grupo chegou pela primeira vez ao topo das paradas americanas com Narrow Stairs, cujo single “I Will Possess Your Heart” foi indicado ao Grammy de Melhor Canção de Rock. Em 2015, Gibbard e companhia lançaram Kintsugi.

356x237

Death Cab For Cutie

O Death Cab for Cutie partiu de um projeto do vocalista Ben Gibbard e se transformou numa das mais bem-sucedidas bandas indie dos últimos anos. Depois de chamar a atenção com a demo You Can Play These Songs with Chords (1997), gravada inteiramente por ele, Gibbard formou um quarteto para Something about Airplanes (1998). Sua sensibilidade como compositor aliou-se à competência do guitarrista e produtor Chris Walla, aumentando a popularidade do grupo com os lançamentos seguintes, We Have the Facts and We’re Voting Yes (2000) e The Photo Album (2001). O primeiro passo em direção ao mainstream veio com Transatlanticism (2003), impulsionado pelos singles “Title and Registration” e “The Sound of Settling” e pela presença na trilha sonora do popular seriado The O.C. Já com status de grande nome do indie, o DCFC lançou dois anos depois o álbum Plans, quarto lugar na Billboard e indicado ao Grammy de Melhor Álbum Alternativo. Em 2008, o grupo chegou pela primeira vez ao topo das paradas americanas com Narrow Stairs, cujo single “I Will Possess Your Heart” foi indicado ao Grammy de Melhor Canção de Rock. Em 2015, Gibbard e companhia lançaram Kintsugi.

Sobre Death Cab For Cutie

O Death Cab for Cutie partiu de um projeto do vocalista Ben Gibbard e se transformou numa das mais bem-sucedidas bandas indie dos últimos anos. Depois de chamar a atenção com a demo You Can Play These Songs with Chords (1997), gravada inteiramente por ele, Gibbard formou um quarteto para Something about Airplanes (1998). Sua sensibilidade como compositor aliou-se à competência do guitarrista e produtor Chris Walla, aumentando a popularidade do grupo com os lançamentos seguintes, We Have the Facts and We’re Voting Yes (2000) e The Photo Album (2001). O primeiro passo em direção ao mainstream veio com Transatlanticism (2003), impulsionado pelos singles “Title and Registration” e “The Sound of Settling” e pela presença na trilha sonora do popular seriado The O.C. Já com status de grande nome do indie, o DCFC lançou dois anos depois o álbum Plans, quarto lugar na Billboard e indicado ao Grammy de Melhor Álbum Alternativo. Em 2008, o grupo chegou pela primeira vez ao topo das paradas americanas com Narrow Stairs, cujo single “I Will Possess Your Heart” foi indicado ao Grammy de Melhor Canção de Rock. Em 2015, Gibbard e companhia lançaram Kintsugi.

Sobre Death Cab For Cutie

O Death Cab for Cutie partiu de um projeto do vocalista Ben Gibbard e se transformou numa das mais bem-sucedidas bandas indie dos últimos anos. Depois de chamar a atenção com a demo You Can Play These Songs with Chords (1997), gravada inteiramente por ele, Gibbard formou um quarteto para Something about Airplanes (1998). Sua sensibilidade como compositor aliou-se à competência do guitarrista e produtor Chris Walla, aumentando a popularidade do grupo com os lançamentos seguintes, We Have the Facts and We’re Voting Yes (2000) e The Photo Album (2001). O primeiro passo em direção ao mainstream veio com Transatlanticism (2003), impulsionado pelos singles “Title and Registration” e “The Sound of Settling” e pela presença na trilha sonora do popular seriado The O.C. Já com status de grande nome do indie, o DCFC lançou dois anos depois o álbum Plans, quarto lugar na Billboard e indicado ao Grammy de Melhor Álbum Alternativo. Em 2008, o grupo chegou pela primeira vez ao topo das paradas americanas com Narrow Stairs, cujo single “I Will Possess Your Heart” foi indicado ao Grammy de Melhor Canção de Rock. Em 2015, Gibbard e companhia lançaram Kintsugi.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.