356x237

Artista

Chet Faker

Sobre Chet Faker

Nicholas James Murphy, nascido em 1988, na Austrália, criou seu nome artístico em homenagem a um de seus ídolos do jazz, o cantor americano Chet Baker. Seu trabalho tem fortes influências de soul music e R&B dos anos 1990, com pitadas de música eletrônica. Em 2011 sua releitura “No Diggity”, hit de 1996 do Blackstreet, alcançou sucesso, o que lhe abriu as portas da indústria fonográfica em seu país. O primeiro álbum, Built on Glass, lançado em 2014, chegou ao primeiro lugar por ali. Mostrando disposição para novas parcerias, Faker gravou EPs com o produtor australiano Flume (Lockjaw, 2013) e o DJ Marcus Marr (Work, 2015). Com uma voz envolvente, Chet Faker imprimiu paixão e sutileza a canções autorais como “Talk Is Cheap”, “I’m into You”, “Gold” e “The Trouble with Us”. O próximo EP, Missing Link, lançado em 2017, trouxe como novidade um novo nome artístico, Nick Murphy.

Artistas semelhantes

Flume, Nick Murphy, ODESZA, Troye Sivan

356x237

Chet Faker

Nicholas James Murphy, nascido em 1988, na Austrália, criou seu nome artístico em homenagem a um de seus ídolos do jazz, o cantor americano Chet Baker. Seu trabalho tem fortes influências de soul music e R&B dos anos 1990, com pitadas de música eletrônica. Em 2011 sua releitura “No Diggity”, hit de 1996 do Blackstreet, alcançou sucesso, o que lhe abriu as portas da indústria fonográfica em seu país. O primeiro álbum, Built on Glass, lançado em 2014, chegou ao primeiro lugar por ali. Mostrando disposição para novas parcerias, Faker gravou EPs com o produtor australiano Flume (Lockjaw, 2013) e o DJ Marcus Marr (Work, 2015). Com uma voz envolvente, Chet Faker imprimiu paixão e sutileza a canções autorais como “Talk Is Cheap”, “I’m into You”, “Gold” e “The Trouble with Us”. O próximo EP, Missing Link, lançado em 2017, trouxe como novidade um novo nome artístico, Nick Murphy.

Sobre Chet Faker

Nicholas James Murphy, nascido em 1988, na Austrália, criou seu nome artístico em homenagem a um de seus ídolos do jazz, o cantor americano Chet Baker. Seu trabalho tem fortes influências de soul music e R&B dos anos 1990, com pitadas de música eletrônica. Em 2011 sua releitura “No Diggity”, hit de 1996 do Blackstreet, alcançou sucesso, o que lhe abriu as portas da indústria fonográfica em seu país. O primeiro álbum, Built on Glass, lançado em 2014, chegou ao primeiro lugar por ali. Mostrando disposição para novas parcerias, Faker gravou EPs com o produtor australiano Flume (Lockjaw, 2013) e o DJ Marcus Marr (Work, 2015). Com uma voz envolvente, Chet Faker imprimiu paixão e sutileza a canções autorais como “Talk Is Cheap”, “I’m into You”, “Gold” e “The Trouble with Us”. O próximo EP, Missing Link, lançado em 2017, trouxe como novidade um novo nome artístico, Nick Murphy.

Artistas semelhantes

Sobre Chet Faker

Nicholas James Murphy, nascido em 1988, na Austrália, criou seu nome artístico em homenagem a um de seus ídolos do jazz, o cantor americano Chet Baker. Seu trabalho tem fortes influências de soul music e R&B dos anos 1990, com pitadas de música eletrônica. Em 2011 sua releitura “No Diggity”, hit de 1996 do Blackstreet, alcançou sucesso, o que lhe abriu as portas da indústria fonográfica em seu país. O primeiro álbum, Built on Glass, lançado em 2014, chegou ao primeiro lugar por ali. Mostrando disposição para novas parcerias, Faker gravou EPs com o produtor australiano Flume (Lockjaw, 2013) e o DJ Marcus Marr (Work, 2015). Com uma voz envolvente, Chet Faker imprimiu paixão e sutileza a canções autorais como “Talk Is Cheap”, “I’m into You”, “Gold” e “The Trouble with Us”. O próximo EP, Missing Link, lançado em 2017, trouxe como novidade um novo nome artístico, Nick Murphy.

Artistas semelhantes

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.