356x237

Artista

Celso Blues Boy

Sobre Celso Blues Boy

Nascido no Rio em 1956, Celso de Carvalho era ainda adolescente quando, na década de 1970, começou a tocar guitarra com artistas do porte de Raul Seixas, Sá & Guarabyra e Luiz Melodia. Paralelamente, integrou grupos como Legião Estrangeira e Aeroblues, este último um dos pioneiros do blues no Brasil. Graças ao sucesso de uma fita demo gravada por ele e tocada pela rádio carioca Fluminense FM, Celso Blues Boy conseguiu lançar seu primeiro álbum como cantor, compositor e guitarrista, Som na Caixa (1984), e emplacou o hit “Aumenta Que Isso Aí é Rock'n'Roll”. No mesmo período, suas composições fizeram sucesso na trilha sonora de filmes como Bete Balanço e Rock Estrela. Em 1986, Celso entrevistou o ídolo B.B. King (que lhe inspirou o nome artístico e o estilo musical) para a extinta revista Roll, e o encontro rendeu a participação do mestre americano em “Mississipi”, faixa do álbum Indiana Blues (1995). Ainda em 1995, Celso Blue Boy participou do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, no qual fez uma jam session com músicos da banda de James Brown. “Blues Motel”, “O Brilho da Noite”, “A Isso Chamam Blues” e “Fumando na Escuridão” são outros sucessos de seu vasto repertório. O músico morreu em 2012, um ano depois de lançar Por um Monte de Cerveja.

356x237

Celso Blues Boy

Nascido no Rio em 1956, Celso de Carvalho era ainda adolescente quando, na década de 1970, começou a tocar guitarra com artistas do porte de Raul Seixas, Sá & Guarabyra e Luiz Melodia. Paralelamente, integrou grupos como Legião Estrangeira e Aeroblues, este último um dos pioneiros do blues no Brasil. Graças ao sucesso de uma fita demo gravada por ele e tocada pela rádio carioca Fluminense FM, Celso Blues Boy conseguiu lançar seu primeiro álbum como cantor, compositor e guitarrista, Som na Caixa (1984), e emplacou o hit “Aumenta Que Isso Aí é Rock'n'Roll”. No mesmo período, suas composições fizeram sucesso na trilha sonora de filmes como Bete Balanço e Rock Estrela. Em 1986, Celso entrevistou o ídolo B.B. King (que lhe inspirou o nome artístico e o estilo musical) para a extinta revista Roll, e o encontro rendeu a participação do mestre americano em “Mississipi”, faixa do álbum Indiana Blues (1995). Ainda em 1995, Celso Blue Boy participou do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, no qual fez uma jam session com músicos da banda de James Brown. “Blues Motel”, “O Brilho da Noite”, “A Isso Chamam Blues” e “Fumando na Escuridão” são outros sucessos de seu vasto repertório. O músico morreu em 2012, um ano depois de lançar Por um Monte de Cerveja.

Sobre Celso Blues Boy

Nascido no Rio em 1956, Celso de Carvalho era ainda adolescente quando, na década de 1970, começou a tocar guitarra com artistas do porte de Raul Seixas, Sá & Guarabyra e Luiz Melodia. Paralelamente, integrou grupos como Legião Estrangeira e Aeroblues, este último um dos pioneiros do blues no Brasil. Graças ao sucesso de uma fita demo gravada por ele e tocada pela rádio carioca Fluminense FM, Celso Blues Boy conseguiu lançar seu primeiro álbum como cantor, compositor e guitarrista, Som na Caixa (1984), e emplacou o hit “Aumenta Que Isso Aí é Rock'n'Roll”. No mesmo período, suas composições fizeram sucesso na trilha sonora de filmes como Bete Balanço e Rock Estrela. Em 1986, Celso entrevistou o ídolo B.B. King (que lhe inspirou o nome artístico e o estilo musical) para a extinta revista Roll, e o encontro rendeu a participação do mestre americano em “Mississipi”, faixa do álbum Indiana Blues (1995). Ainda em 1995, Celso Blue Boy participou do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, no qual fez uma jam session com músicos da banda de James Brown. “Blues Motel”, “O Brilho da Noite”, “A Isso Chamam Blues” e “Fumando na Escuridão” são outros sucessos de seu vasto repertório. O músico morreu em 2012, um ano depois de lançar Por um Monte de Cerveja.

Sobre Celso Blues Boy

Nascido no Rio em 1956, Celso de Carvalho era ainda adolescente quando, na década de 1970, começou a tocar guitarra com artistas do porte de Raul Seixas, Sá & Guarabyra e Luiz Melodia. Paralelamente, integrou grupos como Legião Estrangeira e Aeroblues, este último um dos pioneiros do blues no Brasil. Graças ao sucesso de uma fita demo gravada por ele e tocada pela rádio carioca Fluminense FM, Celso Blues Boy conseguiu lançar seu primeiro álbum como cantor, compositor e guitarrista, Som na Caixa (1984), e emplacou o hit “Aumenta Que Isso Aí é Rock'n'Roll”. No mesmo período, suas composições fizeram sucesso na trilha sonora de filmes como Bete Balanço e Rock Estrela. Em 1986, Celso entrevistou o ídolo B.B. King (que lhe inspirou o nome artístico e o estilo musical) para a extinta revista Roll, e o encontro rendeu a participação do mestre americano em “Mississipi”, faixa do álbum Indiana Blues (1995). Ainda em 1995, Celso Blue Boy participou do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, no qual fez uma jam session com músicos da banda de James Brown. “Blues Motel”, “O Brilho da Noite”, “A Isso Chamam Blues” e “Fumando na Escuridão” são outros sucessos de seu vasto repertório. O músico morreu em 2012, um ano depois de lançar Por um Monte de Cerveja.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.