356x237

Artista

Brazilian Girls

Sobre Brazilian Girls

Surgido em Nova York, em 2003, a partir da união do tecladista Didi Gutman, o baixista Jesse Murphy, o baterista Aaron Johnston e a vocalista Sabina Sciubba, o grupo americano Brazilian Girls começou tocando no NuBlu, badalado clube do East Village nova-iorquino. O boca a boca sobre sua música eclética – uma mistura de reggae, eletrônica, jazz, pop, bossa nova e punk – foi ampliando sua base de fãs e logo a banda passou a receber convites para apresentações nos Estados Unidos. Com uma cantora nascida na Itália e fluente em diversas línguas, uma das marcas registradas do Brazilian Girls foi justamente gravar canções em diferentes idiomas. Foi assim no álbum de estreia, homônimo, de 2005, em que aparecem faixas como "Me Gustas Cuando Callas", inspirando em poema do poeta peruano Pablo Neruda, e "Die Gedanken Sind Frei", uma canção de protesto alemã. Em 2008, com New York City, da música “Good Times”, a banda concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de Dance/Eletrônico. Sempre cercado de rumores de dissolução, o grupo só voltaria a lançar material inédito em 2016, o EP The Critic. Dois anos depois, foi a vez de Let’s Make Love, com 13 faixas e promovido pelo vídeo de “Pirates”, gravado em Buenos Aires.

356x237

Brazilian Girls

Surgido em Nova York, em 2003, a partir da união do tecladista Didi Gutman, o baixista Jesse Murphy, o baterista Aaron Johnston e a vocalista Sabina Sciubba, o grupo americano Brazilian Girls começou tocando no NuBlu, badalado clube do East Village nova-iorquino. O boca a boca sobre sua música eclética – uma mistura de reggae, eletrônica, jazz, pop, bossa nova e punk – foi ampliando sua base de fãs e logo a banda passou a receber convites para apresentações nos Estados Unidos. Com uma cantora nascida na Itália e fluente em diversas línguas, uma das marcas registradas do Brazilian Girls foi justamente gravar canções em diferentes idiomas. Foi assim no álbum de estreia, homônimo, de 2005, em que aparecem faixas como "Me Gustas Cuando Callas", inspirando em poema do poeta peruano Pablo Neruda, e "Die Gedanken Sind Frei", uma canção de protesto alemã. Em 2008, com New York City, da música “Good Times”, a banda concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de Dance/Eletrônico. Sempre cercado de rumores de dissolução, o grupo só voltaria a lançar material inédito em 2016, o EP The Critic. Dois anos depois, foi a vez de Let’s Make Love, com 13 faixas e promovido pelo vídeo de “Pirates”, gravado em Buenos Aires.

Sobre Brazilian Girls

Surgido em Nova York, em 2003, a partir da união do tecladista Didi Gutman, o baixista Jesse Murphy, o baterista Aaron Johnston e a vocalista Sabina Sciubba, o grupo americano Brazilian Girls começou tocando no NuBlu, badalado clube do East Village nova-iorquino. O boca a boca sobre sua música eclética – uma mistura de reggae, eletrônica, jazz, pop, bossa nova e punk – foi ampliando sua base de fãs e logo a banda passou a receber convites para apresentações nos Estados Unidos. Com uma cantora nascida na Itália e fluente em diversas línguas, uma das marcas registradas do Brazilian Girls foi justamente gravar canções em diferentes idiomas. Foi assim no álbum de estreia, homônimo, de 2005, em que aparecem faixas como "Me Gustas Cuando Callas", inspirando em poema do poeta peruano Pablo Neruda, e "Die Gedanken Sind Frei", uma canção de protesto alemã. Em 2008, com New York City, da música “Good Times”, a banda concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de Dance/Eletrônico. Sempre cercado de rumores de dissolução, o grupo só voltaria a lançar material inédito em 2016, o EP The Critic. Dois anos depois, foi a vez de Let’s Make Love, com 13 faixas e promovido pelo vídeo de “Pirates”, gravado em Buenos Aires.

Sobre Brazilian Girls

Surgido em Nova York, em 2003, a partir da união do tecladista Didi Gutman, o baixista Jesse Murphy, o baterista Aaron Johnston e a vocalista Sabina Sciubba, o grupo americano Brazilian Girls começou tocando no NuBlu, badalado clube do East Village nova-iorquino. O boca a boca sobre sua música eclética – uma mistura de reggae, eletrônica, jazz, pop, bossa nova e punk – foi ampliando sua base de fãs e logo a banda passou a receber convites para apresentações nos Estados Unidos. Com uma cantora nascida na Itália e fluente em diversas línguas, uma das marcas registradas do Brazilian Girls foi justamente gravar canções em diferentes idiomas. Foi assim no álbum de estreia, homônimo, de 2005, em que aparecem faixas como "Me Gustas Cuando Callas", inspirando em poema do poeta peruano Pablo Neruda, e "Die Gedanken Sind Frei", uma canção de protesto alemã. Em 2008, com New York City, da música “Good Times”, a banda concorreu ao Grammy de Melhor Álbum de Dance/Eletrônico. Sempre cercado de rumores de dissolução, o grupo só voltaria a lançar material inédito em 2016, o EP The Critic. Dois anos depois, foi a vez de Let’s Make Love, com 13 faixas e promovido pelo vídeo de “Pirates”, gravado em Buenos Aires.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.