356x237

Artista

Bonde do Tigrão

Sobre Bonde do Tigrão

Liderado pelo MC Leandro Dionísio dos Santos Moraes, o Bonde do Tigrão teve papel importante na onda do funk carioca que invadiu o país na virada do milênio. Com sua voz marcante, Leandro entoou os hits “Cerol na Mão”, “O Baile Todo” e “Tchu Tchuca” – todos presentes no álbum de estreia, homônimo, lançado em 2001 e laureado com o Disco de Platina. Com os trabalhos seguintes, Pega o Bonde e Vem (2002) e Ressurreição (2005), já não conseguiram o mesmo êxito, e a presença na grande mídia arrefeceu. Mas o Bonde do Tigrão seguiu se apresentando e lançando funks lascivos, como “Prisioneira (Mãos para o Alto, Novinha)”. Em 2012, um registro ao vivo em Porto Alegre intitulado A Fera Voltou repassou os hits do Bonde.

356x237

Bonde do Tigrão

Liderado pelo MC Leandro Dionísio dos Santos Moraes, o Bonde do Tigrão teve papel importante na onda do funk carioca que invadiu o país na virada do milênio. Com sua voz marcante, Leandro entoou os hits “Cerol na Mão”, “O Baile Todo” e “Tchu Tchuca” – todos presentes no álbum de estreia, homônimo, lançado em 2001 e laureado com o Disco de Platina. Com os trabalhos seguintes, Pega o Bonde e Vem (2002) e Ressurreição (2005), já não conseguiram o mesmo êxito, e a presença na grande mídia arrefeceu. Mas o Bonde do Tigrão seguiu se apresentando e lançando funks lascivos, como “Prisioneira (Mãos para o Alto, Novinha)”. Em 2012, um registro ao vivo em Porto Alegre intitulado A Fera Voltou repassou os hits do Bonde.

Sobre Bonde do Tigrão

Liderado pelo MC Leandro Dionísio dos Santos Moraes, o Bonde do Tigrão teve papel importante na onda do funk carioca que invadiu o país na virada do milênio. Com sua voz marcante, Leandro entoou os hits “Cerol na Mão”, “O Baile Todo” e “Tchu Tchuca” – todos presentes no álbum de estreia, homônimo, lançado em 2001 e laureado com o Disco de Platina. Com os trabalhos seguintes, Pega o Bonde e Vem (2002) e Ressurreição (2005), já não conseguiram o mesmo êxito, e a presença na grande mídia arrefeceu. Mas o Bonde do Tigrão seguiu se apresentando e lançando funks lascivos, como “Prisioneira (Mãos para o Alto, Novinha)”. Em 2012, um registro ao vivo em Porto Alegre intitulado A Fera Voltou repassou os hits do Bonde.

Sobre Bonde do Tigrão

Liderado pelo MC Leandro Dionísio dos Santos Moraes, o Bonde do Tigrão teve papel importante na onda do funk carioca que invadiu o país na virada do milênio. Com sua voz marcante, Leandro entoou os hits “Cerol na Mão”, “O Baile Todo” e “Tchu Tchuca” – todos presentes no álbum de estreia, homônimo, lançado em 2001 e laureado com o Disco de Platina. Com os trabalhos seguintes, Pega o Bonde e Vem (2002) e Ressurreição (2005), já não conseguiram o mesmo êxito, e a presença na grande mídia arrefeceu. Mas o Bonde do Tigrão seguiu se apresentando e lançando funks lascivos, como “Prisioneira (Mãos para o Alto, Novinha)”. Em 2012, um registro ao vivo em Porto Alegre intitulado A Fera Voltou repassou os hits do Bonde.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.