356x237

Artista

Boca Livre

Sobre Boca Livre

O Boca Livre se formou em 1978, quando Zé Renato (violão e vocal), Maurício Maestro (contrabaixo e vocal), Cláudio Nucci (violão e vocal) e David Tygel (viola de dez cordas e vocal) juntaram-se para excursionar com Edu Lobo. No ano seguinte, com “Toada” e “Quem Tem a Viola”, o quarteto ficou conhecido em todo país e levou a sofisticação de seus arranjos, sobretudo vocais, para as paradas. Nos anos 1980, o grupo lançou composições próprias e também gravações de canções como “Panis et Circensis” (Gil e Caetano) e “Trenzinho Caipira” (Heitor Villa-Lobos e Ferreira Gullar). A formação atual tem Maestro, Nucci, Lourenço Baeta (violão, flauta, percussão e voz) e Fernando Gamma (violão de 12 cordas e voz) e em 2013 o conjunto lançou o álbum Amizade,com oito faixas que, segundo os músicos, são representativas da história do Boca Livre.

356x237

Boca Livre

O Boca Livre se formou em 1978, quando Zé Renato (violão e vocal), Maurício Maestro (contrabaixo e vocal), Cláudio Nucci (violão e vocal) e David Tygel (viola de dez cordas e vocal) juntaram-se para excursionar com Edu Lobo. No ano seguinte, com “Toada” e “Quem Tem a Viola”, o quarteto ficou conhecido em todo país e levou a sofisticação de seus arranjos, sobretudo vocais, para as paradas. Nos anos 1980, o grupo lançou composições próprias e também gravações de canções como “Panis et Circensis” (Gil e Caetano) e “Trenzinho Caipira” (Heitor Villa-Lobos e Ferreira Gullar). A formação atual tem Maestro, Nucci, Lourenço Baeta (violão, flauta, percussão e voz) e Fernando Gamma (violão de 12 cordas e voz) e em 2013 o conjunto lançou o álbum Amizade,com oito faixas que, segundo os músicos, são representativas da história do Boca Livre.

Sobre Boca Livre

O Boca Livre se formou em 1978, quando Zé Renato (violão e vocal), Maurício Maestro (contrabaixo e vocal), Cláudio Nucci (violão e vocal) e David Tygel (viola de dez cordas e vocal) juntaram-se para excursionar com Edu Lobo. No ano seguinte, com “Toada” e “Quem Tem a Viola”, o quarteto ficou conhecido em todo país e levou a sofisticação de seus arranjos, sobretudo vocais, para as paradas. Nos anos 1980, o grupo lançou composições próprias e também gravações de canções como “Panis et Circensis” (Gil e Caetano) e “Trenzinho Caipira” (Heitor Villa-Lobos e Ferreira Gullar). A formação atual tem Maestro, Nucci, Lourenço Baeta (violão, flauta, percussão e voz) e Fernando Gamma (violão de 12 cordas e voz) e em 2013 o conjunto lançou o álbum Amizade,com oito faixas que, segundo os músicos, são representativas da história do Boca Livre.

Sobre Boca Livre

O Boca Livre se formou em 1978, quando Zé Renato (violão e vocal), Maurício Maestro (contrabaixo e vocal), Cláudio Nucci (violão e vocal) e David Tygel (viola de dez cordas e vocal) juntaram-se para excursionar com Edu Lobo. No ano seguinte, com “Toada” e “Quem Tem a Viola”, o quarteto ficou conhecido em todo país e levou a sofisticação de seus arranjos, sobretudo vocais, para as paradas. Nos anos 1980, o grupo lançou composições próprias e também gravações de canções como “Panis et Circensis” (Gil e Caetano) e “Trenzinho Caipira” (Heitor Villa-Lobos e Ferreira Gullar). A formação atual tem Maestro, Nucci, Lourenço Baeta (violão, flauta, percussão e voz) e Fernando Gamma (violão de 12 cordas e voz) e em 2013 o conjunto lançou o álbum Amizade,com oito faixas que, segundo os músicos, são representativas da história do Boca Livre.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.