356x237

Artista

Bandana

Sobre Bandana

Formado a partir do programa argentino Popstars, o grupo Bandana lançou seu álbum homônimo de estreia em 2001. O trabalho, impulsionado por faixas como “Guapas” e “Maldita Noche”, fez sucesso no país natal e colocou as cinco garotas da formação na rota do pop latino. Na sequência, veio Noche (2002), de hits como “Llega la Noche” e “Demonios”, que novamente chegou ao topo das paradas da Argentina. No mesmo ano, o single “Muero de Amor por Ti”, versão de “Can’t Help Falling in Love”, de Elvis Presley, foi incluído na animação Lilo & Stitch, convertendo-se num dos maiores êxitos da banda. Antes de entrar num hiato de quase 15 anos, o grupo divulgou Vivir Intentando (2003), que serviu de trilha sonora para um filme de mesmo nome protagonizado pelas integrantes. Passando de quinteto para quarteto, o Bandana retornou em 2016 com o álbum La Vuelta. Em 2017, agora como trio, emplacou o single “Bombón”, parceria com o cantor porto-riquenho Wisin, astro do reggaeton.

356x237

Bandana

Formado a partir do programa argentino Popstars, o grupo Bandana lançou seu álbum homônimo de estreia em 2001. O trabalho, impulsionado por faixas como “Guapas” e “Maldita Noche”, fez sucesso no país natal e colocou as cinco garotas da formação na rota do pop latino. Na sequência, veio Noche (2002), de hits como “Llega la Noche” e “Demonios”, que novamente chegou ao topo das paradas da Argentina. No mesmo ano, o single “Muero de Amor por Ti”, versão de “Can’t Help Falling in Love”, de Elvis Presley, foi incluído na animação Lilo & Stitch, convertendo-se num dos maiores êxitos da banda. Antes de entrar num hiato de quase 15 anos, o grupo divulgou Vivir Intentando (2003), que serviu de trilha sonora para um filme de mesmo nome protagonizado pelas integrantes. Passando de quinteto para quarteto, o Bandana retornou em 2016 com o álbum La Vuelta. Em 2017, agora como trio, emplacou o single “Bombón”, parceria com o cantor porto-riquenho Wisin, astro do reggaeton.

Sobre Bandana

Formado a partir do programa argentino Popstars, o grupo Bandana lançou seu álbum homônimo de estreia em 2001. O trabalho, impulsionado por faixas como “Guapas” e “Maldita Noche”, fez sucesso no país natal e colocou as cinco garotas da formação na rota do pop latino. Na sequência, veio Noche (2002), de hits como “Llega la Noche” e “Demonios”, que novamente chegou ao topo das paradas da Argentina. No mesmo ano, o single “Muero de Amor por Ti”, versão de “Can’t Help Falling in Love”, de Elvis Presley, foi incluído na animação Lilo & Stitch, convertendo-se num dos maiores êxitos da banda. Antes de entrar num hiato de quase 15 anos, o grupo divulgou Vivir Intentando (2003), que serviu de trilha sonora para um filme de mesmo nome protagonizado pelas integrantes. Passando de quinteto para quarteto, o Bandana retornou em 2016 com o álbum La Vuelta. Em 2017, agora como trio, emplacou o single “Bombón”, parceria com o cantor porto-riquenho Wisin, astro do reggaeton.

Sobre Bandana

Formado a partir do programa argentino Popstars, o grupo Bandana lançou seu álbum homônimo de estreia em 2001. O trabalho, impulsionado por faixas como “Guapas” e “Maldita Noche”, fez sucesso no país natal e colocou as cinco garotas da formação na rota do pop latino. Na sequência, veio Noche (2002), de hits como “Llega la Noche” e “Demonios”, que novamente chegou ao topo das paradas da Argentina. No mesmo ano, o single “Muero de Amor por Ti”, versão de “Can’t Help Falling in Love”, de Elvis Presley, foi incluído na animação Lilo & Stitch, convertendo-se num dos maiores êxitos da banda. Antes de entrar num hiato de quase 15 anos, o grupo divulgou Vivir Intentando (2003), que serviu de trilha sonora para um filme de mesmo nome protagonizado pelas integrantes. Passando de quinteto para quarteto, o Bandana retornou em 2016 com o álbum La Vuelta. Em 2017, agora como trio, emplacou o single “Bombón”, parceria com o cantor porto-riquenho Wisin, astro do reggaeton.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.