356x237

Artista

Babyface

Sobre Babyface

Nascido em Indianapolis, em 1959, Kenneth Edmonds, o Babyface, foi backing vocal de Bootsy Collins e fez parte dos grupos Manchild e The Deele. Em 1989, fundou, ao lado de Antonio L.A. Reid, a gravadora LaFace. O músico fez sua estreia solo com Lovers (1986), mas deslanchou mesmo com Tender Lover (1989), álbum que rendeu êxitos como “It’s No Crime” e “Whip Appeal”. Em seguida, Babyface compôs para outros artistas, como Whitney Houston (“I’m Your Baby Tonight”), Boyz II Men (“I’ll Make Love to You”) e Madonna (“Take a Bow”), além de apadrinhar TLC, Usher e Outkast. Durante a década de 1990, Babyface lançou trabalhos bem-sucedidos, como For the Cool in You (1993), que contém “When Can I See You Again?”, e The Day (1996), do hit “Every Time I Close My Eyes”. Na sua atuação como produtor, alcançou o ponto alto da carreira com “Change the World”, de Eric Clapton, que ganhou o Grammy de Gravação do Ano em 1996. A partir de 2000, intensificou essa veia para a produção, trabalhando com artistas como Lil Wayne e Ariana Grande. Não deixou, porém, de lançar seus próprios álbuns, a exemplo de Return of Tender Lover (2015), em que gravou oito faixas inéditas.

356x237

Babyface

Nascido em Indianapolis, em 1959, Kenneth Edmonds, o Babyface, foi backing vocal de Bootsy Collins e fez parte dos grupos Manchild e The Deele. Em 1989, fundou, ao lado de Antonio L.A. Reid, a gravadora LaFace. O músico fez sua estreia solo com Lovers (1986), mas deslanchou mesmo com Tender Lover (1989), álbum que rendeu êxitos como “It’s No Crime” e “Whip Appeal”. Em seguida, Babyface compôs para outros artistas, como Whitney Houston (“I’m Your Baby Tonight”), Boyz II Men (“I’ll Make Love to You”) e Madonna (“Take a Bow”), além de apadrinhar TLC, Usher e Outkast. Durante a década de 1990, Babyface lançou trabalhos bem-sucedidos, como For the Cool in You (1993), que contém “When Can I See You Again?”, e The Day (1996), do hit “Every Time I Close My Eyes”. Na sua atuação como produtor, alcançou o ponto alto da carreira com “Change the World”, de Eric Clapton, que ganhou o Grammy de Gravação do Ano em 1996. A partir de 2000, intensificou essa veia para a produção, trabalhando com artistas como Lil Wayne e Ariana Grande. Não deixou, porém, de lançar seus próprios álbuns, a exemplo de Return of Tender Lover (2015), em que gravou oito faixas inéditas.

Sobre Babyface

Nascido em Indianapolis, em 1959, Kenneth Edmonds, o Babyface, foi backing vocal de Bootsy Collins e fez parte dos grupos Manchild e The Deele. Em 1989, fundou, ao lado de Antonio L.A. Reid, a gravadora LaFace. O músico fez sua estreia solo com Lovers (1986), mas deslanchou mesmo com Tender Lover (1989), álbum que rendeu êxitos como “It’s No Crime” e “Whip Appeal”. Em seguida, Babyface compôs para outros artistas, como Whitney Houston (“I’m Your Baby Tonight”), Boyz II Men (“I’ll Make Love to You”) e Madonna (“Take a Bow”), além de apadrinhar TLC, Usher e Outkast. Durante a década de 1990, Babyface lançou trabalhos bem-sucedidos, como For the Cool in You (1993), que contém “When Can I See You Again?”, e The Day (1996), do hit “Every Time I Close My Eyes”. Na sua atuação como produtor, alcançou o ponto alto da carreira com “Change the World”, de Eric Clapton, que ganhou o Grammy de Gravação do Ano em 1996. A partir de 2000, intensificou essa veia para a produção, trabalhando com artistas como Lil Wayne e Ariana Grande. Não deixou, porém, de lançar seus próprios álbuns, a exemplo de Return of Tender Lover (2015), em que gravou oito faixas inéditas.

Sobre Babyface

Nascido em Indianapolis, em 1959, Kenneth Edmonds, o Babyface, foi backing vocal de Bootsy Collins e fez parte dos grupos Manchild e The Deele. Em 1989, fundou, ao lado de Antonio L.A. Reid, a gravadora LaFace. O músico fez sua estreia solo com Lovers (1986), mas deslanchou mesmo com Tender Lover (1989), álbum que rendeu êxitos como “It’s No Crime” e “Whip Appeal”. Em seguida, Babyface compôs para outros artistas, como Whitney Houston (“I’m Your Baby Tonight”), Boyz II Men (“I’ll Make Love to You”) e Madonna (“Take a Bow”), além de apadrinhar TLC, Usher e Outkast. Durante a década de 1990, Babyface lançou trabalhos bem-sucedidos, como For the Cool in You (1993), que contém “When Can I See You Again?”, e The Day (1996), do hit “Every Time I Close My Eyes”. Na sua atuação como produtor, alcançou o ponto alto da carreira com “Change the World”, de Eric Clapton, que ganhou o Grammy de Gravação do Ano em 1996. A partir de 2000, intensificou essa veia para a produção, trabalhando com artistas como Lil Wayne e Ariana Grande. Não deixou, porém, de lançar seus próprios álbuns, a exemplo de Return of Tender Lover (2015), em que gravou oito faixas inéditas.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.