356x237

Artista

Ana Costa

Sobre Ana Costa

A trajetória da cantora de MPB e samba tem uma grande influência do sambista Martinho da Vila. Nos anos 1990, Ana Costa participou do grupo Coeur-Sambá, com filhos do compositor. Depois, fez parte do Roda de Saia e da banda da cantora Mart’nália. Em 2006, lançou seu primeiro álbum, >I>Meu Carnaval, e ganhou o Prêmio Rival Petrobras na categoria Cantora Revelação. Mas foi a partir do segundo registro solo, Novos Alvos, de 2009, que Ana Costa começou a trilhar um caminho mais experimental e pessoal. Em 2012, ela interpretou, junto com Pedro Miranda, a música “Beija-me” para o DVD Casuarina - 10 anos de Lapa (projeto em referência à revitalização do tradicional bairro carioca). No mesmo ano, gravou seu terceiro álbum, Hoje É Meu Melhor Lugar, com músicas inéditas em parceria com Zélia Duncan e Jorge Aragão e regravações como "O Que É o Que É", de Gonzaguinha. Zélia Duncan está presente também em Pelos Caminhos do Som, álbum/DVD de 2016 no qual Ana Costa passeia pela obra lusófona de seu padrinho musical Martinho da Vila.

356x237

Ana Costa

A trajetória da cantora de MPB e samba tem uma grande influência do sambista Martinho da Vila. Nos anos 1990, Ana Costa participou do grupo Coeur-Sambá, com filhos do compositor. Depois, fez parte do Roda de Saia e da banda da cantora Mart’nália. Em 2006, lançou seu primeiro álbum, >I>Meu Carnaval, e ganhou o Prêmio Rival Petrobras na categoria Cantora Revelação. Mas foi a partir do segundo registro solo, Novos Alvos, de 2009, que Ana Costa começou a trilhar um caminho mais experimental e pessoal. Em 2012, ela interpretou, junto com Pedro Miranda, a música “Beija-me” para o DVD Casuarina - 10 anos de Lapa (projeto em referência à revitalização do tradicional bairro carioca). No mesmo ano, gravou seu terceiro álbum, Hoje É Meu Melhor Lugar, com músicas inéditas em parceria com Zélia Duncan e Jorge Aragão e regravações como "O Que É o Que É", de Gonzaguinha. Zélia Duncan está presente também em Pelos Caminhos do Som, álbum/DVD de 2016 no qual Ana Costa passeia pela obra lusófona de seu padrinho musical Martinho da Vila.

Sobre Ana Costa

A trajetória da cantora de MPB e samba tem uma grande influência do sambista Martinho da Vila. Nos anos 1990, Ana Costa participou do grupo Coeur-Sambá, com filhos do compositor. Depois, fez parte do Roda de Saia e da banda da cantora Mart’nália. Em 2006, lançou seu primeiro álbum, >I>Meu Carnaval, e ganhou o Prêmio Rival Petrobras na categoria Cantora Revelação. Mas foi a partir do segundo registro solo, Novos Alvos, de 2009, que Ana Costa começou a trilhar um caminho mais experimental e pessoal. Em 2012, ela interpretou, junto com Pedro Miranda, a música “Beija-me” para o DVD Casuarina - 10 anos de Lapa (projeto em referência à revitalização do tradicional bairro carioca). No mesmo ano, gravou seu terceiro álbum, Hoje É Meu Melhor Lugar, com músicas inéditas em parceria com Zélia Duncan e Jorge Aragão e regravações como "O Que É o Que É", de Gonzaguinha. Zélia Duncan está presente também em Pelos Caminhos do Som, álbum/DVD de 2016 no qual Ana Costa passeia pela obra lusófona de seu padrinho musical Martinho da Vila.

Sobre Ana Costa

A trajetória da cantora de MPB e samba tem uma grande influência do sambista Martinho da Vila. Nos anos 1990, Ana Costa participou do grupo Coeur-Sambá, com filhos do compositor. Depois, fez parte do Roda de Saia e da banda da cantora Mart’nália. Em 2006, lançou seu primeiro álbum, >I>Meu Carnaval, e ganhou o Prêmio Rival Petrobras na categoria Cantora Revelação. Mas foi a partir do segundo registro solo, Novos Alvos, de 2009, que Ana Costa começou a trilhar um caminho mais experimental e pessoal. Em 2012, ela interpretou, junto com Pedro Miranda, a música “Beija-me” para o DVD Casuarina - 10 anos de Lapa (projeto em referência à revitalização do tradicional bairro carioca). No mesmo ano, gravou seu terceiro álbum, Hoje É Meu Melhor Lugar, com músicas inéditas em parceria com Zélia Duncan e Jorge Aragão e regravações como "O Que É o Que É", de Gonzaguinha. Zélia Duncan está presente também em Pelos Caminhos do Som, álbum/DVD de 2016 no qual Ana Costa passeia pela obra lusófona de seu padrinho musical Martinho da Vila.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.