356x237

Artista

Vania Abreu

Sobre Vania Abreu

A carreira da baiana Vania Abreu teve início em meados dos anos 1980: a cantora atuou como backing vocal, cantou em barzinhos e até animou trio elétrico no carnaval de Salvador, a exemplo de sua irmã Daniela Mercury. Em 1995 resolveu se mudar para São Paulo, afastando-se da axé music. No mesmo ano, lançou o álbum de estreia, homônimo, conseguindo destaque com a música “As Quatro Estações”. O registro traz ainda a faixa “Templo”, de Chico César – Vania Abreu foi uma das primeiras a gravar composições do artista paraibano. Sempre em busca de um repertório afinado com a suavidade de sua voz, a cantora gravou músicas de compositores como Carlos Careqa (“Seio da Bahia”), Vitor Ramil (“Bom Dia, Sonho”) e Zeca Baleiro (“Dodói”). Em 2006, ao lado do cantor e compositor Marcelo Quintanilha, com quem é casada, ela produziu o projeto Pierrot e Colombina, no qual repassou clássicos do carnaval, entre eles “Máscara Negra”, “Noite dos Mascarados” e “Marcha da Quarta-Feira de Cinzas”. Uma seleção de canções registradas em sua discografia foi apresentada em 2017 no show Venturo. A apresentação serviu também para o lançamento do novo single de Vania Abreu, “Eu e Meu Amor”, de autoria de Marcelo Quintanilha.

Artistas semelhantes

Belô Velloso

356x237

Vania Abreu

A carreira da baiana Vania Abreu teve início em meados dos anos 1980: a cantora atuou como backing vocal, cantou em barzinhos e até animou trio elétrico no carnaval de Salvador, a exemplo de sua irmã Daniela Mercury. Em 1995 resolveu se mudar para São Paulo, afastando-se da axé music. No mesmo ano, lançou o álbum de estreia, homônimo, conseguindo destaque com a música “As Quatro Estações”. O registro traz ainda a faixa “Templo”, de Chico César – Vania Abreu foi uma das primeiras a gravar composições do artista paraibano. Sempre em busca de um repertório afinado com a suavidade de sua voz, a cantora gravou músicas de compositores como Carlos Careqa (“Seio da Bahia”), Vitor Ramil (“Bom Dia, Sonho”) e Zeca Baleiro (“Dodói”). Em 2006, ao lado do cantor e compositor Marcelo Quintanilha, com quem é casada, ela produziu o projeto Pierrot e Colombina, no qual repassou clássicos do carnaval, entre eles “Máscara Negra”, “Noite dos Mascarados” e “Marcha da Quarta-Feira de Cinzas”. Uma seleção de canções registradas em sua discografia foi apresentada em 2017 no show Venturo. A apresentação serviu também para o lançamento do novo single de Vania Abreu, “Eu e Meu Amor”, de autoria de Marcelo Quintanilha.

Sobre Vania Abreu

A carreira da baiana Vania Abreu teve início em meados dos anos 1980: a cantora atuou como backing vocal, cantou em barzinhos e até animou trio elétrico no carnaval de Salvador, a exemplo de sua irmã Daniela Mercury. Em 1995 resolveu se mudar para São Paulo, afastando-se da axé music. No mesmo ano, lançou o álbum de estreia, homônimo, conseguindo destaque com a música “As Quatro Estações”. O registro traz ainda a faixa “Templo”, de Chico César – Vania Abreu foi uma das primeiras a gravar composições do artista paraibano. Sempre em busca de um repertório afinado com a suavidade de sua voz, a cantora gravou músicas de compositores como Carlos Careqa (“Seio da Bahia”), Vitor Ramil (“Bom Dia, Sonho”) e Zeca Baleiro (“Dodói”). Em 2006, ao lado do cantor e compositor Marcelo Quintanilha, com quem é casada, ela produziu o projeto Pierrot e Colombina, no qual repassou clássicos do carnaval, entre eles “Máscara Negra”, “Noite dos Mascarados” e “Marcha da Quarta-Feira de Cinzas”. Uma seleção de canções registradas em sua discografia foi apresentada em 2017 no show Venturo. A apresentação serviu também para o lançamento do novo single de Vania Abreu, “Eu e Meu Amor”, de autoria de Marcelo Quintanilha.

Artistas semelhantes

Em destaque em Napster

500x500

Rebobinando

Lado B da MPB

Sobre Vania Abreu

A carreira da baiana Vania Abreu teve início em meados dos anos 1980: a cantora atuou como backing vocal, cantou em barzinhos e até animou trio elétrico no carnaval de Salvador, a exemplo de sua irmã Daniela Mercury. Em 1995 resolveu se mudar para São Paulo, afastando-se da axé music. No mesmo ano, lançou o álbum de estreia, homônimo, conseguindo destaque com a música “As Quatro Estações”. O registro traz ainda a faixa “Templo”, de Chico César – Vania Abreu foi uma das primeiras a gravar composições do artista paraibano. Sempre em busca de um repertório afinado com a suavidade de sua voz, a cantora gravou músicas de compositores como Carlos Careqa (“Seio da Bahia”), Vitor Ramil (“Bom Dia, Sonho”) e Zeca Baleiro (“Dodói”). Em 2006, ao lado do cantor e compositor Marcelo Quintanilha, com quem é casada, ela produziu o projeto Pierrot e Colombina, no qual repassou clássicos do carnaval, entre eles “Máscara Negra”, “Noite dos Mascarados” e “Marcha da Quarta-Feira de Cinzas”. Uma seleção de canções registradas em sua discografia foi apresentada em 2017 no show Venturo. A apresentação serviu também para o lançamento do novo single de Vania Abreu, “Eu e Meu Amor”, de autoria de Marcelo Quintanilha.

Artistas semelhantes

Em destaque em Napster

500x500

Rebobinando

Lado B da MPB
Disponível em iOS, Android, Windows e Web.

Músicas ilimitadas em qualquer lugar. Milhões de músicas em todos os gêneros.

Disponível em iOS, Android, Windows e Web.